Política

Comissão Permanente da Assembleia da Madeira reúne-se em 30 de março

A Comissão Permanente da Assembleia Legislativa da Madeira reúne-se em 30 de março, por convocação do Presidente do Parlamento Regional, para analisar a situação de combate ao surto de Covid-19 no arquipélago, anunciou hoje o gabinete da presidência.

Comissão Permanente da Assembleia da Madeira reúne-se em 30 de março

© DR

A informação da Assembleia da Madeira adianta que a reunião vai contar com a presença do vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, e dos lideres parlamentares do PSD, PS, CDS, JPP e do deputado único do PCP, além dos Vice-presidentes do parlamento insular.

A reunião da Comissão Permanente da ALM constou de um requerimento apresentado e anunciado pelo deputado comunista madeirense.

A mesma nota aponta que da agenda de trabalho deste encontro estão temas como as "medidas de prevenção e de combate ao novo Coronavírus, os planos de recuperação da economia e de apoio ao tecido empresarial e às famílias, bem como as consequências desta pandemia no arquipélago da Madeira".

O gabinete da presidência da Assembleia da Madeira ainda refere que esta reunião vai decorrer na sala de plenários, "tendo já sido tomadas todas as medidas de limpeza e desinfeção do espaço".

Ainda menciona que "a disposição dos intervenientes tem em conta a distância de segurança recomendada pelas autoridades de saúde pública".

Segundo o último boletim epidemiológico divulgado pelo Instituto de Administração da Saúde da Madeira, na terça-feira, a Região tem 16 casos confirmados de infeção, mais quatro do que na segunda-feira.

O novo Coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, já infetou perto de 428 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 19.000.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Em Portugal, há 43 mortes, mais 10 do que na véspera (+30,3%), e 2.995 infeções confirmadas, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, que regista 633 novos casos em relação a terça-feira (+26,8%).

Dos infetados, 276 estão internados, 61 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 22 doentes que já recuperaram.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 02 de abril.


C/Lusa