Política

Idalino não está disponível para uma recandidatura

No dia em que completa 61 anos, o Presidente do Porto Santo, Idalino Vasconcelos, anuncia o fim do percurso na política. Não está disponível para uma recandidatura à Câmara Municipal.

Idalino não está disponível para uma recandidatura

© DR

Numa declaração escrita, a que a Antena 1 teve acesso, Idalino Vasconcelos assume que o trabalho não foi compreendido e justifica as críticas da população com a pandemia, mas também com uma "permanentemente intoxicação da opinião pública, por vários atores" que trouxeram "muita poeira e ruído" ao exercício do mandato.

O autarca diz que nunca sentiu o apoio necessário, a vários níveis e acusa personalidades do PSD, sem indicar quais, de terem sido mais oposição do que a oposição tradicional.

Idalino Vasconcelos escreve que "há mais vida para além da política e do cargo de Presidente da Câmara".

O autarca diz que sai "com a consciência de missão cumprida" e garante que não quer ser parte do problema, mas sim da solução.

Na declaração escrita o Presidente da Câmara do Porto Santo faz também o balanço do mandato, onde a dívida da autarquia foi reduzida e o investimento aumentou.

Idalino Vasconcelos era o único Presidente de Câmara social-democrata que ainda não tinha recebido da direção do PSD-Madeira um sinal de apoio a uma recandidatura. Esta decisão agora anunciada abre caminho ao partido para fazer a escolha do candidato.