Política

PSD promete empenho para continuar a contratar mais funcionários públicos

O Grupo Parlamentar do PSD destacou hoje "as apostas que têm sido feitas nos últimos quatro anos, no sentido de repor os direitos dos funcionários públicos, depois dos cortes a que estiveram de ser sujeitos com o Plano de Ajustamento Económico e Financeiro". Os social democratas prometem um combate à precariedade laboral e dizem que o Governo Regional tem de continuar a contratar mais funcionários.

O PSD considera que o "combate à precariedade laboral e novas contratações resultaram em mais 1.100 postos de trabalho na função pública". A constatação surgiu após a reunião com o Sindicato os Trabalhadores da Função Pública. O líder parlamentar social democrata, Jaime Filipe Ramos, garantiu que "o Governo Regional, neste mandato, olhou com muita exatidão para os funcionários públicos" e lembrou que "este Executivo foi o primeiro do país a repor os 25 dias de férias" e "foi aquele que repôs o subsídio de insularidade, primeiro no Porto Santo e depois em toda a Região Autónoma da Madeira".
Jaime Filipe Ramos destacou também os descongelamentos e progressões realizadas nas carreiras dos professores, dos enfermeiros e dos técnicos de diagnóstico. Os sociais democratas garantem que este "é o caminho que vamos continuar a fazer, continuar a repor não só os direitos dos funcionários, como também aumentar, dar mais dignidade, mas condições e fazer daquilo que é a carreira na administração pública algo apetecível também aos trabalhadores. É nesse caminho que o PSD vai continuar a investir, numa melhor administração, mais moderna, mais atual e com melhores condições para os seus trabalhadores, afirmou o líder parlamentar do PSD na Assembleia Legislativa da Madeira."