Política

Recuperação económica e pandemia em debate (áudio)

O presidente do Governo Regional considera que seria útil para o país o Governo da República cair na sequência da crise política gerada pelas negociações para o Orçamento do Estado. Uma posição de Miguel Albuquerque assumida no debate mensal com a oposição, dedicado à pandemia e à recuperação económica.

Antena 1 Madeira

No primeiro debate da legislatura sem Paulo Cafôfo na bancada da oposição, couve ao líder parlamentar, Rui Caetano, questionar o presidente do governo.

O depurado socialista considera que a Madeira tem os meios e o poder para baixar impostos.

Miguel Albuquerque não aceita mexer no IVA e reclama mais autonomia fiscal para a Região.

Jaime Filipe Ramos, do PSD, lembra que a Região foi a zona do país onde os impostos mais baixaram desde 2016.

António Lopes da Fonseca, CDS, critica o governo da república por estar a aumentar os impostos indiretos e acusa o primeiro-ministro de traição em relação à Madeira.

Élvio Sousa, do JPP, acusou Miguel Albuquerque de não querer resolver o problema do subsídio de mobilidade e da ausência de uma ligação por ferryboat ao Continente.

Perante a existência de mais de 16 mil desempregrados na Região, Ricardo Lume, do PCP, fala em nómadas laborais.