Política

Sara Cerdas diz que vai manter pontes de comunicação com a Região

A candidata do PS Madeira às Europeias já foi oficialmente eleita para o Parlamento Europeu, de acordo com os dados oficiais

Sara Cerdas © PS-M

A candidata socialista Sara Cerdas, indicada pelo PS/Madeira, afirmou este domingo que a sua eleição ao Parlamento Europeu traduz um "grande desafio superado" e assegurou que vai manter as "pontes de comunicação" com os madeirenses.

"Dizer a todas as instituições, a todos os madeirenses e porto-santenses, a todos os órgãos governativos nacionais, regionais, às autarquias: podem contar comigo para fazer um trabalho de estreita colaboração nos próximos cinco anos e aproximar assim a Europa da Madeira", disse, em declarações na sede do PS, no Funchal, pouco depois de ser confirmada a sua eleição.

Sara Cerdas, que ocupava a sexta posição na lista do PS, realçou que durante o seu mandato vai "estreitar e otimizar" ainda mais as "pontes de comunicação" com o eleitoral regional.

Por outro lado, alertou para o crescimento dos movimentos extremistas na Europa, destacando o "voto de confiança" no projeto europeísta do PS.

"Contem connosco, o grupo de socialistas europeus, para defender da melhor maneira este projeto europeu, para consolidar a paz, a solidariedade, para trabalhar a coesão e para trabalhar para uma Madeira mais desenvolvida, com maior progresso nos próximos cinco anos", declarou.

O PS foi o segundo partido mais votado na Região Autónoma da Madeira, com 25,8%, logo a seguir ao PSD, que obteve 37,1% dos votos.


Capturar