Sociedade

Açores com 48 novos casos de Covid

Arquipélago regista mais 13 recuperações.

Açores com 48 novos casos de Covid

© DR

Os Açores registaram, nas últimas 24 horas, 48 novos casos positivos de Covid-19, todos em São Miguel, ilha onde recuperaram mais 13 doentes, informa hoje em comunicado a Autoridade de Saúde açoriana.

"Três destes novos casos referem-se a dois passageiros com testes positivos à chegada e um positivo ao 12.º dia, e os restantes são em contexto de transmissão comunitária", adianta ainda o boletim diário, indicando que foram realizadas 2.533 análises nos laboratórios de referência da região nas últimas 24 horas.

Por concelhos, a Ribeira Grande concentra o maior número de novos casos detetados, com um total de 33, seguindo-se nove no concelho de Ponta Delgada, quatro no da Lagoa e dois no de Vila Franca do Campo.

A Autoridade de Saúde Regional informa ainda que "dois casos reportados anteriormente, na ilha Terceira, concelho de Angra do Heroísmo, com história de ligação aérea com o exterior da região, cujos testes de despiste ao SARS-CoV-2 realizados após o sexto dia produziram resultado positivo, apresentaram documentação comprovativa de uma anterior infeção e respetiva recuperação, não sendo considerados casos ativos na região".

Hoje estão internados 13 doentes, todos no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, estando um destes em Unidade de Cuidados Intensivos (UCI).

Nos Açores há presentemente 312 casos positivos ativos, sendo 311 em São Miguel e um no Faial.

Não há cadeias de transmissão local ativas, sendo que foram extintas 203 até ao presente.

Em vigilância ativa estão hoje 1.567 pessoas.

Desde o início da pandemia foram diagnosticados nos Açores 5.856 casos positivos de Covid-19, tendo recuperado da doença 5.378 pessoas e morrido 33.

Quanto ao Plano Regional de Vacinação, desde 31 de dezembro de 2020 e até 04 de junho corrente, foram administradas nos Açores "146.999 doses de vacina contra a Covid-19, correspondentes a 92.036 pessoas com 16 ou mais anos com a primeira dose, e 54.963 pessoas com ambas as doses".