Sociedade

Agentes da PSP continuam sem comparticipação de medicamentos

O delegado regional Associação Sindical dos Profissionais de Polícia garante ter já um compromisso da parte do Secretário da Saúde para tentar resolver a situação ainda antes das próximas eleições regionais.

Reportagem: Sérgio Freitas Teixeira | Antena 1 Madeira

Os agentes da Polícia de Segurança Pública na Madeira estão há quatro meses sem qualquer comparticipação à compra de medicamentos.

Adelino Camacho, coordenador regional da Associação Sindical dos Profissionais de Polícia (ASSP), diz que a situação atual é insustentável, mas acredita que o problema poderá ficar resolvido já este mês de setembro com a intervenção do Governo Regional.