Sociedade

Bispo do Funchal teve dúvidas mas diz que solução foi a melhor para todos

O Bispo do Funchal confessa que teve algumas dúvidas na revogação da suspensão "a divinis" do padre Martins Júnior, mas que acabou por optar por uma solução que entende ser a melhor para todos. Em declarações à Antena 1 Madeira, Dom Nuno Brás revela que teve de ler todo o processo para depois revogar a decisão que havia sido tomada a 27 de julho de 1977 pelo então Bispo D. Francisco Santana.

Som: D. Nuno Brás, Bispo do Funchal | Antena 1 Madeira