Sociedade

Câmara do Funchal quer candidatar o Museu de História Natural da Madeira a fundos europeus (Áudio)

A autarquia já manifestou a intenção ao Instituto de Desenvolvimento Regional. O objetivo é arranjar financiamento para custear a segunda fase de obras da infraestrutura.

Em causa estão fundos comunitários que não foram utilizados em outros projetos e que poderão ser devolvidos à Europa. 

Miguel Silva Gouveia explicou que a parte museológica carece de uma verba de 1 milhão e 500 mil euros.

O presidente da edilidade visitou esta manhã a primeira fase de obras, que inclui a recuperação
de soalhos e tetos, bem como a renovação da instalação elétrica e de ar condicionado. 

O museu abre no verão.