Sociedade

CDS/Madeira pede serviços mínimos para a greve dos estivadores do porto de Lisboa (Áudio)

Os centristas afirmam que os efeitos da greve, marcada para o período de 19 de fevereiro a 9 de março, já se estão a fazer sentir, através da falta de bens essenciais, tal como laticínios, carnes e enlatados.

A deputada centrista Ana Monteiro não põe em causa o direito dos trabalhadores a mas pede serviços mínimos.