Sociedade

Duas instituições e 16 personalidades distinguidas no Dia da Região

São 16 personalidades e duas instituições que vão ser agraciadas na cerimónia da imposição das insígnias no próximo dia 1 de julho, em Machico.

Duas instituições e 16 personalidades distinguidas no Dia da Região

© GRM

O historiador Alberto Vieira, a título póstumo, e o engenheiro António José Luís dos Reis vão ser agraciados com a Insígnia Autonómica de Valor, a mais alta condecoração regional.

Na lista dos homenageados deste ano constam 16 personalidades, quatro das quais a título póstumo, e duas instituições, entre elas a RTP Madeira.
 
O Centro Regional da Madeira da Rádio e Televisão de Portugal vai ser agraciado com a Insígnia Autonómica de Distinção, por há mais de 50 anos garantir as obrigações de serviço público, primeiro de rádio e depois de televisão.

O Governo da Madeira explica que a decisão de distinguir o canal público deve-se ao espólio “único sobre todos os factos mais marcantes da autonomia da Madeira”. Especial destaque para o programa mais antigo da RDP Internacional ('Abraço da Madeira') e para o o 'Atlântida', o mais antigo programa da RTP Internacional. Faz ainda referência “ao mais relevante documentário histórico sobre os 40 anos da Autonomia política da Madeira e Açores (Uma História de Autonomia) e aos 37 documentários e 600 minutos que recuperam com grande rigor científico a história e o património da Região (Madeira, 600 anos).

Pode ver aqui a lista completa dos 18 agraciados na próxima segunda-feira: 

Insígnia Autonómica de Valor


- Alberto Vieira, a título póstumo
- António José Luís dos Reis


Insígnia Autonómica de Distinção 

- António Dias Gonçalves
- António Miguel Franquinho Aguiar
- Carlos Sousa Fernandes
- Fernando Eusébio de Castro, a título póstumo
- Centro Regional da Madeira da Rádio e Televisão de Portugal
- Jorge Moreira de Sousa


Insígnia Autonómica de Bons Serviços

- Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus, nas duas instituições que gerem na Região (Casa de Saúde Câmara Pestana e Centro de Reabilitação Psicopedagógica da Sagrada Família)
- José Nicolau Faria Fernandes Correia Manuel Remesso Freitas Timóteo, a título póstumo
-Bernardino Arlindo Raleira Laureano
- Carlos Alberto Ramos Pereira
- Maria Odete Franco Bacanhim
- Carlos Augusto de Abreu Freire Bandeira, a título póstumo
- José Alberto Fernandes Caires
- José Maria Brazão
- José Joaquim Nunes Vieira

Machico é, este ano, palco das comemorações do Dia da Região, que celebra os 600 anos do Achamento da Madeira.

As Insígnias Honoríficas Madeirenses, cujo regime jurídico foi aprovado em 2003, visam distinguir, em vida ou a título póstumo, os cidadãos, colectividades ou instituições que se notabilizarem por méritos pessoais ou institucionais, actos, feitos cívicos ou serviços prestados à Região