Sociedade

Faltam cinco médicos cardiologistas no sistema regional de saúde

O problema é que não existem profissionais disponíveis para vir trabalhar na Madeira.

A informação foi avançada por António Drumond Freitas, diretor do serviço de cardiologia do SESARAM no arranque do I Congresso de Cardiologia da Madeira.

No início do próximo ano entra em vigor um regime de incentivos à fixação de médicos na Madeira.

Este I Congresso de Cardiologia reúne durante dois dias vários especialistas no Funchal.