Sociedade

Francisco Franco coloca seis alunos no curso com a mais alta média

A Escola Secundária de Francisco Franco colocou na primeira opção de candidatura ao ensino superior 66 por cento dos seus alunos, 16 por cento acima da média nacional, de acordo com dados da Direção-Geral do Ensino Superior tornados públicos.

Francisco Franco coloca seis alunos no curso com a mais alta média
Sublinhe-se, ainda, que, com base no ENES2021 – Estatística de Candidatos e Colocados, 92 por cento dos alunos da Francisco Franco ficaram colocados numa das três primeiras opções, tendo a média nacional sido de 82 por cento.

Relativamente aos ingressos no Ensino Superior, seis alunos ‘da Francisco Franco’ ficaram colocados no curso que registou a média mais alta da primeira fase de acesso: Engenharia Aeroespacial, no Instituto Superior Técnico, da Universidade de Lisboa, onde a nota do último colocado foi de 190,5. Realce, ainda, para o curso de Arquitetura, no Porto, cuja média do último colocado foi de 184, para onde seguiram sete alunos.

Além do curso de Engenharia Aeroespacial, a Escola Secundária de Francisco Franco teve ainda alunos que ingressaram no top five nos cursos com as mais altas médias das universidades portuguesas: dois alunos no curso de Medicina do Instituto Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS), da Universidade do Porto; um aluno no curso de Engenharia e Gestão Industrial, da Universidade de Lisboa e sete alunos no curso de Medicina da Universidade do Porto.

Gestão com 39 alunos foi o curso de ensino superior com maior número de colocados, seguido de Medicina com 35 alunos; Engenharia Informática, 25; Design, 21; Psicologia, 15; Economia,14 e Línguas e Relações Empresariais,14.

A Universidade da Madeira, através das suas quatro Faculdades, foi a instituição de ensino superior que mais alunos acolheu oriundos ‘da Francisco Franco’. Seguiram-se o Instituto Superior Técnico, da Universidade de Lisboa; a Universidade do Minho e a Universidade de Aveiro.