Sociedade

Funchal iluminado por 1,6 milhões de lâmpadas no Natal e fim de ano

Cerca de 1,6 milhões de lâmpadas vão ser ligadas a partir de 01 de dezembro no Funchal, marcando o início das festas de Natal e Ano Novo, anunciou hoje a Secretaria Regional do Turismo e Cultura da Madeira.

Funchal iluminado por 1,6 milhões de lâmpadas no Natal e fim de ano
As iluminações natalícias vão colorir o centro e arredores do Funchal entre 01 de dezembro e 08 de janeiro, indica a secretaria regional numa informação enviada à agência Lusa, salientando que, este ano, “serão cerca de 1,6 milhões de lâmpadas a iluminar as ruas edifícios e diferentes lugares da cidade”.

Entre algumas das novidades para este ano, a tutela destaca as projeções de vídeo 'mapping' na esquina da Sé do Funchal e na parede norte do Palácio de São Lourenço.

A praça CR7 “surgirá melhorada, oferecendo mais espaço de visita às decorações”, e na Praça do Povo vai ser instalada uma árvore de Natal com 30 metros, “que funciona como ‘photobooth’”.

No cais do Funchal, um túnel animado eletronicamente vai proporcionar aos visitantes “um passeio entre as águas na direção de um anjo colocado no final do pontão”.

Por outro lado, alguns espaços da cidade contarão com diferentes tecnologias interativas, designadamente de realidade aumentada, que, “através de aplicação móvel, apresentará figuras natalícias animadas sincronizadas com música”.

Alguns locais terão também tecnologias sensoriais que desencadeiam diferentes animações na iluminação com a presença ou passagem de pessoas.

Nesta edição das festas de Natal e Ano Novo, as luzes acendem às 18:00 e serão apagadas à 01:00 na maior parte dos dias, ao contrário de anos anteriores, em que habitualmente encerravam às 02:00, de forma a diminuir o consumo energético.

Há, porém, exceções para os dias 23, 24 e 31 de dezembro, com as iluminações a serem desligadas às 06:00, e nos dias 25 e 30 de dezembro a desligarem às 04:00.

A Secretaria Regional do Turismo refere que já tem tido esta preocupação com o consumo energético há vários anos, apontando que a fatura da eletricidade consumida pelas iluminações natalícias da capital madeirense foi reduzida em cerca de 70% em 10 anos, “fruto da aposta crescente em luzes cada vez mais económicas e amigas do ambiente”.

“Esta realidade não implicou a diminuição na distribuição das luzes. Pelo contrário, tem registado mesmo crescimentos e inovações anualmente”, acrescenta.

O ‘Mercadinho de Natal’, instalado todos os anos na Placa Central da Avenida Arriaga, também estará em funcionamento entre 01 de dezembro e 08 de janeiro.

Abre todos os dias à 10:00, sendo que às sextas e sábados encerra à 01:00 e nos restantes dias às 00:00. Há também exceções para os dias 23, 30 e 31 de dezembro, encerrando às 04:00. Nos dias 25 de dezembro e 01 de janeiro estará fechado e na véspera de Natal encerra às 18:00.

A iluminação em linha do anfiteatro do Funchal, a decoração das árvores nas ruas da cidade, jardins e rotundas, bem como a iluminação dos contornos, varandas e lintéis de edifícios públicos e privados e das três ribeiras que atravessam a baixa são algumas das características que marcam habitualmente a quadra natalícia e constituem uma grande atração para residentes e visitantes.

O Governo Regional lançou dois concursos públicos, no valor total de 3,9 milhões de euros (com IVA), para a conceção, construção, montagem e desmontagem das iluminações de Natal e Ano Novo em 2022/2023 e 2023/2024 e de Carnaval nos próximos dois anos.

As luzes estão a cargo das empresas LuxStar, Iluminações Teixeira Couto e Castros - Iluminações Festivas.
Lusa