Sociedade

GNR apreende na A22 809 botijas de óxido nitroso no valor de 55 mil euros

A Guarda Nacional Republicana (GNR) apreendeu na sexta-feira, na autoestrada 22 (A22), perto de Tavira, no Algarve, 809 botijas de óxido nitroso no interior de um veículo pesado oriundo de Espanha, e identificou dois homens, foi hoje anunciado.

GNR apreende na A22 809 botijas de óxido nitroso no valor de 55 mil euros
Em comunicado, o Comando Territorial de Faro da GNR especificou que a apreensão do produto, com um valor estimado de 55 mil euros, resultou de uma operação de vigilância na fronteira terrestre junto à Ponte Internacional em Castro Marim, no distrito de Faro, em conjunto com a Guardia Civil de Espanha.

A investigação foi iniciada com base em informações do Centro de Cooperação Policial e Aduaneiro de Castro Marim (Portugal) e Ayamonte (Espanha) e o intercâmbio de informações com as autoridades policiais espanholas, avançou a guarda.

A mesma fonte adiantou que foi a troca de informações entre as autoridades dos dois países que permitiu detetar a circulação do veículo oriundo de Espanha e a apreensão do óxido nitroso, um medicamento sujeito a receita médica e destinado à utilização terapêutica em meio hospitalar.

O pesado de mercadorias foi intercetado e fiscalizado na A22, também conhecida como Via Infante de Sagres, já no concelho de Tavira, tendo a GNR constatado que o transporte do óxido nitroso não era acompanhado da respetiva autorização por parte da Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed), nem documentação que comprovasse que se destinavam a fins farmacêuticos, notou aquela força de segurança.

Além da apreensão das 809 botijas de óxido nitroso, os militares identificaram os dois homens, de 31 e 35 anos, que seguiam no veículo pesado de mercadorias, tendo o processo sido remetido para o Tribunal de Tavira.
Lusa