Sociedade

Mais de 2400 toneladas de banana `imperfeita` atiradas ao lixo

Madeira, Canárias e Cabo Verde têm um projeto conjunto para reaproveitar resíduos alimentares, em especial o desperdício da banana da Madeira. O projeto ISLANDAP é financiado em cerca de um milhão de euros, com fundos europeus.

São bananas que não correspondem aos padrões de comercialização e que são atiradas ao lixo sem qualquer reutilização.
Ao longo desta manhã, um seminário que junta as regiões da Macaronésia vai tentar encontrar resposta para o reaproveitamento deste produto na cadeia alimentar.

O encontro está a ser organizado pela Agência Regional para o Desenvolvimento da Investigação, Tecnologia e Inovação.

O encontro decorreu ao longo da manhã no Auditório da Secretaria Regional da Agricultura e durante a tarde será feita uma demonstração de pão e bolos com uso de farinha de banana.