Sociedade

Mais de 60 mil testes rápidos feitos na Região (áudio)

Nos três meses de duração do protocolo entre a região e a Associação Nacional de Farmácias.

Carlos Delgado, representante da ANF e Tiago Magro, representante da Ordem dos Farmacêuticos da Madeira | Antena 1

O representante da ANF na Madeira, Carlos Delgado, faz por isso um balanço positivo.

O representante da Ordem doa Farmacêuticos na Madeira, Tiago Magro, também faz um balanço positivo destes três meses de testagem, mas reconhece que o processo aumentou a carga de trabalho nas farmácias.

Carlos Delgado diz que o número de farmácias aderentes prova o sucesso do protocolo com a região. Os testes podem ser feitos em 45 farmácias. Há 3 meses eram 26.

Tiago Magro, da Ordem dos Farmacêuticos defende que o protocolo com a Região, funciona bem e não vê necessidade de alterações. Mas cabe a cada farmácia decidir se vale a pena prestar este serviço.