Sociedade

Mais de cinco mil alunos das escolas da Madeira chamados a provas e exames

5177 estudantes compareceram à chamada para as Provas de Aferição e Exames Nacionais.

De acordo com a Secretaria da Educação, realizaram-se, esta segunda-feira as “Provas de Aferição de Português e Estudo do Meio, do 2.º ano de escolaridade (1.º Ciclo do Ensino Básico), as Provas Finais de Português Língua Não Materna (níveis iniciação e intermédio), do 9.º ano de escolaridade (3.º Ciclo do Ensino Básico), o Exame Final de Filosofia, do 11.º ano de escolaridade, e os Exames Finais de Português, de Português para alunos com necessidades educativas especiais, e de Português Língua Não Materna (intermédio), do 12.º ano de escolaridade (Ensino Secundário).”

A Prova de Aferição de Português e Estudo do Meio foi realizada em 93 escolas por 2354 dos 2417 alunos inscritos, tendo-se registado 63 faltas, correspondente a 2,6% dos inscritos. A informação emitida pela Secretaria Regional da Educação refere que as Provas Finais de Português Língua Não Materna foram feitas por apenas 17 alunos de em 5 estabelecimentos de ensino, todos os que estavam inscritos.

“O Exame Final de Filosofia foi realizado em 15 escolas, por 566 dos 616 alunos inscritos, registando-se 50 faltas, o correspondente a 8,1% dos inscritos.”

Já o “Exame Final de Português foi efetuado em 15 escolas por 2233 dos 2356 alunos inscritos, registando-se 123 faltas, o que corresponde a 5,2% dos inscritos.” O Exame Final de Português para alunos com necessidades educativas especiais foi feito em duas escolas por dois dos três alunos inscritos. Quanto ao Exame Final de Português Língua Não Materna (nível intermédio) foi efetuado em três estabelecimentos de ensino pelos quatro alunos inscritos.

Há ainda a destacar que 237 dos alunos inscritos nas provas de aferição e nos exames nacionais faltaram aos testes.

Todo o processo de prestação de conhecimentos decorreu com normalidade e foi acompanhado por 675 professores e vigilantes.