Sociedade

Milícias populares armadas semeiam medo na Venezuela

Pelo menos 11 pessoas morreram e várias ficaram feridas durante os saques as lojas que aconteceram em simultâneo com as manifestações de Caracas.

© DR