Sociedade

Morreu na travessia Madeira-Açores

Terminou de forma trágica, para o aventureiro francês Jean-Jacques Savin, a tentativa de quebrar o recorde do Mundo da travessia do Atlântico a remo.

Morreu na travessia Madeira-Açores
Após dois alertas de socorro na sexta-feira, quando fazia a travessia entre a Madeira e os Açores, deixou de dar sinais de vida, informa o Correio da Manhã.

Segundo a mesma fonte, a Marinha portuguesa acionou meios e este sábado localizou a pequena embarcação, com oito metros de comprimento e 1,7 de largura. Lá dentro estava o corpo do aventureiro francês de 75 anos.

Em 2019, Jean-Jacques Savin cruzou o Atlântico a remar num barco em forma de barril em quatro meses, recorda o Correio da Manhã.