Sociedade

Produtores agropecuários têm até hoje para se candidatarem a apoio de 24,3 milhões

Os produtores agropecuários afetados pelos constrangimentos decorrentes da guerra têm até hoje para se candidatarem à reserva de crise de 24,3 milhões de euros.

Produtores agropecuários têm até hoje para se candidatarem a apoio de 24,3 milhões
Inicialmente, o período de candidaturas terminavam em 12 de agosto, mas o Ministério da Agricultura decidiu prolongá-lo até hoje.

O pagamento deverá ser efetuado até 30 de setembro.

Em causa estão 24,3 milhões de euros, montante que tem por objetivo promover a sustentabilidade económica do setor, a sua manutenção e a capacidade de abastecimento do mercado.

Do total, 13,5 milhões de euros destinam-se ao setor do leite de vaca, 6,4 milhões de euros ao da carne de suíno e 4,4 milhões de euros ao das aves de capoeira.

Este apoio “teve em conta o maior impacto do aumento dos custos dos fatores de produção registado desde o início da guerra, nomeadamente a alimentação animal, energia e os fertilizantes, bem como os apoios que estão a ser aplicados nos Estados-membros da União Europeia geograficamente mais próximos e que competem nos mesmos mercados que Portugal”, assinalou, em julho, o executivo.

A este montante soma-se a medida excecional, destinada ao continente, que é financiada pelo Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural (FEADER), com 57,1 milhões de euros.
Lusa