Sociedade

Projeto apoia sem-abrigo (áudio)

Chama-se "Projeto Alternativa" e é uma forma de ajuda a pessoas que vivem na rua. Foi criado por uma assistente social e uma psicóloga, que estavam desempregadas.

Paulo Anastácio | Antena 1 Madeira

Uma assistente social e uma psicóloga, ambas em situação de desemprego, decidiram lançar mãos à obra para ajudar quem vive "na rua" e "dá" rua.

Através de um programa de emprego e do apoio financeiro e logístico da Câmara do Funchal, Águeda Figueira e Sandra França criaram o "Projeto Alternativa" que, desde abril, já permitiu acompanhar e apoiar 68 sem-abrigo, 115 consumidores de substâncias psicoativas, e 15 trabalhadores do sexo.

Águeda Figueira explica à Antena 1 que, o que diferencia o "Projeto Alternativa", é o contacto de proximidade, no terreno, sem julgamentos, e que o objectivo é dar ferramentas para que cada caso possa melhorar as suas competências e condições de vida.

Entrevistada pela Antena 1, a assistente social dá como exemplo aquilo que o projeto pretende fazer com os sem-abrigo, a quem não basta dar uma casa.