Sociedade

Proteção Civil da Madeira preparada para qualquer imprevisto - Governo

O dispositivo de socorro na Região Autónoma da Madeira está em "alerta máximo" devido à aproximação do furacão Leslie, que deverá atingir o arquipélago a partir das 07:00 de sábado (Vídeo)

Miguel Albuquerque

Todo o dispositivo do Serviço Regional de Proteção Civil da Madeira (SRPC) está de prevenção face às previsões da passagem do furacão Leslie, sábado, na Região, e preparado “para enfrentar qualquer imprevisto”, afirmou hoje o presidente do governo insular

Miguel Albuquerque adiantou que “amanhã [sábado] está previsto a partir das 11:00 horas que o reflexo desta frente atinja a Madeira”.

“Estamos preparados para encarar qualquer imprevisto”, assegurou o governante insular.

Também mencionou que as autoridades estão a “acompanhar esta frente, que é poderosa”, e que “todo dispositivo SRPC está de prevenção”.

O chefe do executivo regional acrescentou que a informação sobre este fenómeno atmosférico vai “sendo atualizada” e que as autoridades vão “emitir comunicados periódicos” sobre o evoluir da situação.

Albuquerque desaconselhou que as pessoas se desloquem para as serras, para junto da orla costeira ou linhas de água, alertando a população para a pluviosidade e para os ventos fortes.

“Não vão para o mar, não vão para a serra e quando a pluviosidade for mais intensa não circulem” nas estradas da região, instou.

Ainda recordou que a Porto Santo Line também já cancelou a viagem de sábado de ligação marítima com o Porto Santo, pelo que o navio Lobo Marinho vai ficar em terra.

No entender do responsável madeirense, “neste momento, ainda é prematuro estar a aventar se a situação será de maior ou menor gravidade”.

Miguel Albuquerque reforçou que está “tudo preparado para fazer face a qualquer situação” e o Serviço Regional de Proteção Civil está articulado com as várias câmaras municipais, que estão a tomar medidas preventivas.

O dispositivo de socorro na Região Autónoma da Madeira está em "alerta máximo" devido à aproximação do furacão Leslie, que deverá atingir o arquipélago a partir das 07:00 de sábado.

De acordo com as previsões do Instituto Português do Mar e a Atmosfera (IPMA), as ilhas da Madeira e Porto Santo vão sentir, a partir de sábado, os efeitos da passagem do furacão Leslie no arquipélago.

Segundo o IPMA, há entre 60 a 80% de probabilidade de as ilhas da Madeira e Porto Santo começarem a sofrer os efeitos do Leslie a partir das 07:00 de sábado em termos de agitação marítima, vento e precipitação.

“Nestas condições prevê-se, a partir da tarde do sábado, vento forte do quadrante sul com rajadas até 90 quilómetros por hora, sendo que, nas regiões montanhosas, o vento será forte a muito forte, com rajadas até 110 quilómetros por hora”, explicou o instituto.

De acordo com o IPMA, está ainda previsto um aumento da agitação marítima, bem como precipitação forte, acompanhada de trovoada.


LUSA