Sociedade

PSP neutralizou ontem uma mulher no Caniço com recurso a arma de eletrochoque

De acordo com a PSP, no âmbito de uma ocorrência policial violenta, na tarde desta segunda-feira, numa residência no Caniço, uma cidadã, que estava "munida de uma faca, visivelmente alterada e com alucinações", foi neutralizada e manietada pelas autoridades com recurso a uma arma “Taser”.

PSP neutralizou ontem uma mulher no Caniço com recurso a arma de eletrochoque

© DR

"Não tendo sido possível dominar a cidadã em segurança com recurso ao gás pimenta, foi necessária a utilização da arma elétrica com efeito atordoante, cuja ação foi adequada e proporcional à situação possibilitando salvaguardar a vida e a integridade física da própria cidadã, familiares e polícias", esclarece a PSP.

"Com esta ação, a PSP dominou a situação de uma forma eficaz e segura, possibilitando o normal transporte da cidadã para o Hospital Dr. Nélio Mendonça, onde recebeu tratamento psiquiátrico. "

A PSP elaborou o respetivo auto, que foi enviado para o Ministério Público da Comarca do Funchal acompanhado da faca apreendida.

Este tipo de armamento, "recentemente distribuído pela Direção Nacional da PSP e alvo de formação intensiva dos operacionais da polícia, desfere descargas elétricas de potência e efeitos controlados, visando a incapacitação instantânea e temporária de suspeitos, facilitando em muito a tarefa policial no sentido em que possibilita a sua algemagem, preservando a vida e a integridade física de todos os intervenientes", conclui a Polícia.