Sociedade

Saldo natural agravou-se em 2021

No primeiro trimestre de 2021, a Madeira registou 387 nascimentos e 798 óbitos.

Saldo natural agravou-se em 2021
No 1.º trimestre de 2021, os dados preliminares da demografia mostram que a Região Autónoma da Madeira registou um saldo natural negativo de ‑411 indivíduos, resultante de um número de nados-vivos (387) inferior ao número de óbitos (798). No mesmo trimestre de 2020, o saldo natural havia sido igualmente negativo, mas menos expressivo, -266 indivíduos (445 nados vivos e 711 óbitos).

De referir que o número de nados-vivos (387) contabilizado no 1.º trimestre de 2021 é um mínimo da série disponível (desde 1995).

Nos primeiros três meses de 2021, não se registaram óbitos com menos de 1 ano, tendo sido averbado 1 feto morto.

No período em referência, realizaram-se 102 casamentos, menos 49 (-32,5%) que no período homólogo.