Ailton e Eduardo Teixeira são os primeiros reforços do Sporting de Braga

| 1.ª Liga

Eduardo Teixeira e Ailton jogaram pelo Estoril na época passada
|

O Sporting de Braga, quarto classificado da I Liga de futebol 2017/18, anunciou esta quinta-feira a contratação do defesa esquerdo Ailton e do médio Eduardo Teixeira, jogadores que alinharam na última época no ex-Estoril Praia.

Ailton, de 23 anos, chega a Braga por empréstimo (uma temporada, com opção de compra) dos alemães do Estugarda, enquanto o também brasileiro Eduardo Teixeira, de 24 anos, assinou por cinco épocas pelos minhotos.

"Quando surgiu esta oportunidade não hesitei, quer pelo projeto como pela ambição do clube. Este é o maior passo da minha carreira. Senti-me atraído pela ambição de um clube que se aproxima cada vez mais do título, bem como pelo estilo de jogo que apresentou na última da temporada, um futebol atrativo e virado para a frente", afirmou o médio ao sítio oficial dos 'arsenalitas'.

Depois de duas épocas no Estoril Praia, que terminou em último lugar e desceu de divisão, Eduardo Teixeira diz sentir-se melhor a "jogar na zona central do terreno, para poder articular jogadas".

Ailton considera que a vinda para o Sporting de Braga surge no momento da carreira em que se sente "mais maduro" e mostrou ambição de "conquistar títulos" em Braga.

"Sinto que é hora de me afirmar e escolhi o clube certo para isso, mas também estou consciente de que venho para uma realidade, um projeto e uma massa adepta diferentes. Vim para cá para lutar títulos e tenho a consciência que a cobrança é diferente", disse.

Tópicos:

Ailton, Eduardo Teixeira, SC Braga,

Pesquise por: Ailton, Eduardo Teixeira, SC Braga,

A informação mais vista

+ Em Foco

O Estado de Kerala, na Índia, está a enfrentar as piores cheias do último século. As chuvas torrenciais fizeram 350 mortos e deixaram cerca de 350 mil pessoas desalojadas.

    Os depósitos foram descobertos nas regiões polares. Se houver gelo suficiente na superfície, a água poderá ser utilizada em futuras missões ao satélite natural.

    Ocupou durante 60 anos vários cargos nas Nações Unidas e viria a deixar a sua marca na história da organização. Kofi Annan morreu em Berna aos 80 anos.

    Uma semana após a extinção do incêndio de Monchique, a televisão pública esteve no barlavento algarvio com uma emissão especial sobre o cíclico flagelo dos incêndios e as alterações climáticas.