FC Porto de regresso aos treinos sem oito internacionais

| 1.ª Liga

FC Porto regressou aos treinos depois do empate com o Vitória de Setúbal
|

O FC Porto regressou esta segunda-feira ao trabalho, após o assalto falhado à liderança da I Liga de futebol, no empate a 1-1 frente ao Vitória de Setúbal, com uma sessão marcada pela ausência de oito internacionais.

De acordo com o sítio dos ‘dragões’, Danilo e André Silva (seleção A), Rúben Neves e Diogo Jota (seleção sub-21), Rui Pedro (seleção sub-19), Herrera e Layún (México) e Maxi (Uruguai) falharam a sessão por se encontrarem envolvidos em compromissos internacionais.

Sem qualquer jogador entregue aos cuidados do departamento médico, o treinador Nuno Espírito Santo chamou ao treino do plantel principal o guarda-redes da equipa de sub-19 Ricardo Silva.

O plantel do FC Porto cumpre terça-feira um dia de folga, e retoma os treinos na quarta-feira, pelas 10:30, no Olival, com uma sessão que terá os primeiros 15 minutos abertos à comunicação social.

Com o campeonato parado para a realização dos compromissos das seleções, o próximo jogo dos 'dragões' é a 01 de abril, frente ao líder e tricampeão Benfica, no Estádio da Luz, para a 27.ª jornada da I Liga.

A informação mais vista

+ Em Foco

Os portugueses escolhem os seus representantes locais a 1 de outubro. Acompanhe aqui a campanha, os debates e toda a informação sobre as eleições Autárquicas.

    A Alemanha foi a votos com uma economia próspera. O reverso da medalha é a degradação de condições sociais para uma parte significativa da população.

      Em entrevista exclusiva ao "Olhar o Mundo" aquele que já foi o mais novo primeiro-ministro da União Europeia (2014-2016) aconselha Portugal a apostar nas novas tecnologias e na juventude do país.

      O ímpeto independentista ganhou força, motivado pela crise e pelas divergências em relação ao Estatuto da Autonomia da Catalunha.