Luís Filipe diz que Benfica só pode pensar em ganhar

| 1.ª Liga

Luís Filipe atribui favoritismo ao Benfica no jogo com o Vitória de Guimarães
|

O antigo defesa-direito do clube da Luz olha para o jogo de abertura do campeonato da I Liga, Benfica-V. Guimarães, e revela na Antena 1 que os encarnados estão obrigados a ganhar.

O ex-futebolista, de 39 anos, atuou em 2007/08 no Benfica e na época seguinte no V. Guimarães, e por isso é uma voz autorizada para fazer o lançamento da primeira partida do campeonato da I Liga da época 2018-19.

“O Benfica é favorito embora o Vitória tenha uma boa equipa”, começou por dizer o antigo jogador.

Luís Filipe explicou, ao jornalista Nuno Matos, o porquê desta sua ideia: “O Benfica tem o mesmo treinador e o mesmo estilo de jogo enquanto o Vitória tem um treinador novo e terá de assimilar as suas ideias e estilo de jogo”.



O clube da Luz já joga a pré-eliminatória da Liga dos Campeões e por isso está com mais andamento mas, na opinião do ex-futebolista será um erro pensar no desafio com o Fernerbahçe da próxima terça-feira.

Sobre a posição de lateral-direito onde parece só existir André Almeida depois da lesão de Ebuehi, o ex-jogador frisou que está tudo bem se o Benfica não atingir a fase de grupos da “Champions”, caso contrário terá de ir ao mercado.

A concluir Luís Filipe abordou a questão sobre a pressão que as duas equipas podem sentir por ser o primeiro jogo do campeonato e afirmou: “Uma vitória dá confiança para o resto do campeonato”.

Benfica e Vitória de Guimarães jogam, esta sexta-feira, a partir das 20h30, no Estádio da Luz, em jogo a contar para a 1.ª jornada do campeonato da I Liga, de futebol.

A informação mais vista

+ Em Foco

Uma parte central da Ponte Morandi, em Génova, Itália, desabou na manhã de terça-feira durante uma tempestade. Morreram dezenas de pessoas.

    É um desejo antigo do Homem poder tocar as estrelas. Um feito que parece ser agora "quase" alcançável através da missão espacial solar Parker.

      Entre as 21h00 de domingo e as 8h00 de segunda-feira, o mundo viu uma chuva de Perseidas, espetáculo habitual em agosto. Nos locais mais remotos, foi possível admirar melhor o fenómeno.

        Uma semana depois de as chamas deflagrarem em Monchique, a Proteção Civil deu o incêndio como dominado e em fase de resolução. Portugal volta a ser o país com mais área ardida na Europa.