Pedro Emanuel aponta ao 11.º lugar para o Estoril-Praia

| 1.ª Liga

O treinador do Estoril-Praia, Pedro Emanuel, manifestou hoje a esperança em conseguir levar os estorilistas ao 11.º lugar na I Liga de futebol, depois de uma época em que sofreu quase até ao fim para garantir a permanência.


Na conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Arouca, no domingo, para a 34.ª e última jornada do campeonato, o técnico português, que oficializou esta semana a sua renovação com o clube da 'linha' por uma temporada (mais uma de opção), manifestou o desejo de "acabar a época em grande" e melhorar o atual 13.º posto.

"O nosso sentimento é o de encararmos este último jogo para podermos dizer que acabamos a época em grande. Nos últimos nove jogos somámos 15 pontos e amanhã podemos fazer 10 jogos com 18 pontos, que é um objetivo fantástico para aquilo que seria o término de uma época que foi bastante atribulada", frisou.

Pedro Emanuel não hesitou em realçar o "trabalho e sacrifício" do grupo de trabalho, mas lembrou que a melhor classificação possível não depende só da sua equipa, já que o Arouca vem ao Estádio António Coimbra da Mota para pontuar e assim garantir a manutenção.

"Tratando-se de um grupo ambicioso, olhamos para o 11.º lugar como uma conjugação de fatores que não depende só de nós", disse.

Depois de ver confirmada a sua continuidade no clube, o treinador do Estoril-Praia abordou o futuro do plantel, mas evitou alongar-se em comentários, antecipando apenas a construção de um plantel competitivo.

"Esse é um ponto que eu acho que é importante abordarmos a partir de segunda-feira. Como é lógico temos jogadores que estão emprestados e que vão regressar, outros que poderemos exercer opções para ficarmos com eles e outros que, naturalmente, irão ser negociados. O que pretendemos para a próxima época e para aquilo que é o delinear do nosso plantel será um plantel equilibrado", explicou.

Pedro Emanuel foi, porém, mais longe e vincou a vontade de voltar a elevar o Estoril a padrões mais altos no campeonato: "Com possibilidades de ter várias opções e termos jogadores que saibam que vêm para um clube que é ambicioso e que quer continuar a crescer. E o crescer é tentar fazer melhor do que iremos fazer esta época."

Diogo Amado, Joel Ferreira, Thiago Cardoso e Nuno Lopes não têm treinado com a equipa devido a estarem a recuperar de lesões, podendo falhar o último jogo do campeonato frente ao Arouca.

O desafio entre o Estoril-Praia e o Arouca, a contar para a 34.ª jornada da I Liga, está agendado para as 18:00 de domingo, no Estádio António Coimbra da Mota, e será arbitrado por Jorge Sousa (Associação de Futebol do Porto).

A informação mais vista

+ Em Foco

No 20.º aniversário da Exposição Universal sobre os Oceanos, a Antena 1 e a RTP estiveram à conversa com alguns dos protagonistas do evento.

    Um dos mais conceituados politólogos sul-coreanos revelou à RTP o modo de pensar e agir de Pyongyang.

    Portugal foi oficialmente um país neutro na 2ª guerra Mundial. Mas isso não impediu que quase mil portugueses tivessem sido deportados, feitos prisioneiros ou escravos pelos nazis.

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.