Vitor Oliveira "apostado e confiante" em regressar às vitórias na receção ao Feirense

| 1.ª Liga

|

O treinador do Portimonense disse hoje que "está apostado e confiante" em regressar às vitórias na receção ao Feirense, no jogo da sexta jornada da I Liga de futebol, diante de um adversário que tem apenas uma derrota.

"Está na mente de toda a gente querer voltar às vitórias o mais rapidamente possível e temos essa oportunidade no jogo de amanhã [segunda-feira]", disse o treinador Vítor Oliveira, na antevisão à partida com o Feirense, na segunda-feira.

De acordo com o técnico, o confronto com a equipa de Santa Maria da Feira tem sido preparado "com muito cuidado, havendo motivação, com os jogadores focados e confiantes, conscientes que depois dos resultados menos conseguidos, a missão não será fácil".

"Sabemos que o Feirense é uma equipa com um plantel muito equilibrado, com boa estrutura defensiva e que sai muito bem no contra-ataque e que está cómoda por aquilo que fez até esta altura do campeonato", frisou Vítor Oliveira.

O técnico algarvio assumiu que o Portimonense "quer ser sempre favorito nos jogos em casa e este não foge à regra", apesar do percurso vitorioso do adversário.

Segundo Vítor Oliveira, a equipa "mantém uma elevada confiança em conseguir um bom jogo, traduzido num bom resultado, embora consciente de que a tarefa será difícil e de muito trabalho".

O treinador assegurou que a equipa tem condições e valor para vencer o Feirense e sair dos últimos lugares da classificação, valor esse que tem sido demonstrado nos jogos disputados até agora.

"Tirando o jogo com o Marítimo, em que não estivemos ao nosso melhor nível, penso que nos outros jogos poderíamos ter conseguido pontos. Não aconteceu, mas continuo com confiança e a acreditar no trabalho da equipa, por tudo aquilo que tem sido feito pelos jogadores. Por isso, acredito que na segunda-feira vamos fazer um bom resultado, como prenda do que temos feito", destacou.

Na antevisão à partida, o técnico algarvio desvalorizou as ausências de jogadores impedidos, uns por lesão e um outro por castigo: "Neste momento não estamos em posição de estar com lamentações. Temos o que temos e há alturas que são muito boas e outras muito más e temos que saber conviver com todas as situações".

"Temos problemas para o lado esquerdo, devido às lesões de Inácio e de Lumor e ao castigo de Hackman, mas vamos arranjar soluções e não vamos arranjar desculpas", concluiu.

Portimonense, 17.º classificado com três pontos, e Feirense, sexto com oito, defrontam-se na segunda-feira, pelas 19:00, no Estádio Municipal de Portimão, em partida da sexta jornada da I Liga, dirigida pelo árbitro Bruno Paixão, da associação Setúbal.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em 260 episódios, o projeto chegou às mais diversas áreas: saúde, engenharias, astronomia, tecnologia, química, história, filosofia, desporto ou geografia.

Foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, com a Proteção Civil a registar 443 ocorrências. Morreram 45 pessoas. Perto de 70 ficaram feridas. Passou um mês desde o 15 de outubro.

    Todos os anos as praias portuguesas são utilizadas por milhões de pessoas de diferentes nacionalidades e a relação ambiental com estes espaços não é a mais correta.

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.