Oliveirense soma quarto empate consecutivo na visita ao Leixões

| 2.ª Liga

A Oliveirense somou hoje a quarta igualdade consecutiva, ao empatar com o Leixões 1-1, em jogo da sexta jornada da II Liga de futebol, disputado no Estádio do Mar.

Ainda sem vitórias esta época na II Liga, a Oliveirense foi quem mais fez pela vida na primeira parte, num desempenho centrado no antigo jogador do Leixões, Fati, que esteve nos três únicos lances de perigo.

Depois de ter feito dois 'avisos', aos 16 e 28 minutos, Fati surgiu aos 35 entre os centrais contrários para abrir o marcador com um pontapé colocado, correspondendo a um cruzamento da esquerda de Ricardo Tavares.

Na segunda parte, o Leixões assumiu o jogo, cresceu na partida e depois de Kukula (57) ter ficado perto do empate, foi preciso esperar até ao minuto 72 para Bura lançar Roniel na área, para um remate na passada a fazer o empate.

Nos descontos, Ricardo Tavares (90+1), evitou de cabeça o segundo tento do Leixões, com um desvio de cabeça na molhada, antes de Roniel (90+2) arriscar o remate à entrada da área, fazendo-a sair junto ao poste direito, desperdiçando a oportunidade de somar quarta vitória consecutiva na prova.

Jogo no Estádio do Mar, em Matosinhos.

Leixões - Oliveirense, 1-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Fati, 35 minutos.

1-1, Roniel, 72.

Equipas:

- Leixões: Tony, Jorge Silva, Bura, Pedro Monteiro, Derick (Zeka, 46), Ceitil, Amine (Evandro Brandão, 46), Lawrence, Breitner (Matheus Costa, 66), Roniel e Kukula.

(Suplentes: Luís Ribeiro, Matheus Costa, Zeka, Anthony, Tiago Moreira, Evandro Brandão e Stephane).

Treinador: Filipe Gouveia.

- Oliveirense: Coelho, Alemão, Mathaus, Wellington, Ricardo Tavares, Filipe Gonçalves, Oliveira (Paraíba, 77), Boukassi, Serginho (Matheus, 79), Fati e Moreno (Alef Manga, 51).

(Suplentes: Kadu, Diogo Sousa, Diogo Valente, Godinho, Paraíba, Alef Manga e Matheus).

Treinador: Pedro Miguel.

Árbitro: António Nobre (AF Leiria).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Boukassi (21), Serginho (26), Filipe Gonçalves (37), Mathaus (80), Matheus (83) e Roniel (87).

Assistência: cerca de 450 espetadores.

A informação mais vista

+ Em Foco

A 15 de outubro de 2017, uma vaga de incêndios fez 50 mortos e dezenas de feridos. Reunimos aqui um conjunto de reportagens elaboradas um ano depois da catástrofe.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.

      Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.

        O desaparecimento do jornalista saudita fragiliza a relação dos EUA com uma ditadura que lhe tem sido útil a combater o Irão e a manter os preços do petróleo.