Erica Gomes conquista prata nos Mundiais de atletismo adaptado

| Atletismo

Erica Gomes em prova nos Mundiais de atletismo adaptado
|

A portuguesa Erica Gomes conquistou esta segunda-feira a medalha de prata na prova de salto em comprimento da categoria T20 (deficiência intelectual) dos Mundiais de atletismo do Comité Paralímpico Internacional, que estão a decorrer em Londres.

Erica Gomes fez a sua melhor marca à quinta e última tentativa, com 5,48 metros, tendo alcançado novo recorde pessoal, à frente da sua compatriota Ana Filipe, que ficou com o bronze, após ter saltado 5,26.

O ouro foi para a croata Mikela Ristoski, que fez 5,66 metros.

Cláudia Santos, que fez apenas dois saltos válidos, concluiu a participação portuguesa com o nono lugar da final, tendo ficado com 4,66 metros.

No salto em comprimento de T38, Maria Fernandes alcançou a sua melhor marca da temporada, com 4,28 metros, mas não conseguiu fugir ao sexto e último lugar da final.

Nos 400 metros femininos de T20, Carina Paim qualificou-se para a final, após ter sido terceira classificada da sua série, com o tempo de 1.01,86 minutos.

Também nos 400 metros T20, mas em masculinos, Luís Gonçalves assegurou a presença na final de sábado, apesar ter terminado a sua série na segunda posição. Apenas o primeiro lugar dava acesso direito, mas o português foi repescado por ter feito o segundo melhor tempo (49,84 segundos) das meias-finais.

 

Tópicos:

Cláudia, Comité Paralímpico,

Pesquise por: Cláudia, Comité Paralímpico,

A informação mais vista

+ Em Foco

Os portugueses escolhem os seus representantes locais a 1 de outubro. Acompanhe aqui a campanha, os debates e toda a informação sobre as eleições Autárquicas.

    A deriva independentista do nacionalismo catalão está a revelar-se mais grave do que Madrid previa inicialmente. Temos posições que não permitem qualquer margem para diálogo e que conduziram o processo a um impasse.

    Um ensaio do LNEC e do Instituto Superior Técnico, no âmbito do KnowRisk, evidencia a importância da tomada de medidas preventivas. Veja os vídeos e compare os dois casos.

    A Alemanha aproxima-se da data do escrutínio de 24 de Setembro com uma economia próspera: muita exportação, muita construção, receitas fiscais abundantes, orçamentos públicos excedentários. O reverso da medalha é a degradação de condições sociais para uma parte significativa da população.