Francês Kevin Mayer é o novo recordista mundial do decatlo

| Atletismo

Legenda da Imagem
|

O francês Kévin Mayer redimiu-se hoje de uma época até aqui para esquecer e bateu o recorde do mundo do decatlo, totalizando 9.126 pontos no Décastar, 'meeting' internacional da especialidade, que se realizou em Talence, França.

À frustração por ter abandonado o decatlo do Europeu de Berlim, com três 'nulos' no comprimento, segue-se a consagração de destronar a pontuação do norte-americano Ashton Eaton em 81 pontos (o anterior recorde era de 9.045).

Vice-campeão olímpico e campeão mundial em título, chega assim ao topo da difícil especialidade, que integra em pontos o somatório de 10 provas individuais, entre corridas, saltos e lançamentos, disputadas em dois dias.

A competir em ‘casa’, Meyer deu logo o mote para um grande resultado, com 10,55 nos 100 metros. O comprimento não o atraiçoou, desta feita, saltando magníficos 7,80 metros, para depois atirar o peso a 16,00 metros.

Na altura transpôs a 2,05 metros e correu os 400 metros em 48,82 segundos, para fechar o primeiro dia com 4.563 pontos.

No segundo dia acentuou o 'ataque' ao recorde, com 13,75 nos 110 metros barreiras e 50,54 no lançamento do disco. Outro resultado magnífico foi o de 5,45 no salto com vara, juntando depois 71,90 no dardo e 4.36 minutos nos 1.500 metros.

O anterior recorde datava dos Mundiais de 2015, em Pequim, competição ganha pelo norte-americano Eaton, já retirado, e em que Kevin Meyer não participou.

Vice-campeão europeu em 2014, só começou a estar em grande destaque em 2016, com a medalha de prata olímpica. Já sem a 'sombra' de Eaton, seria campeão mundial no ano seguinte, para depois ter o seu pior momento no recente Europeu.

A informação mais vista

+ Em Foco

A Girl Move Academy existe há quatro anos com o objetivo de criar uma geração de mulheres líderes. É um “movimento de capacitação e investimento da mulher”.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      A menos de 100 quilómetros da fronteira com a Síria, a cidade turca de Gaziantep é uma terra de tradições e sabores.

      Fotografias da autoria do artista berlinense Martin Dammann lançam luz sobre o lado mais obscuro da Wehrmacht.