Ilda Figueiredo descrente na possibilidade de uma "geringonça" no Porto

| Autárquicas 2017
Ilda Figueiredo descrente na possibilidade de uma geringonça no Porto

A ver: Ilda Figueiredo descrente na possibilidade de uma "geringonça" no Porto

Ilda Figueiredo, da CDU, ironizou esta noite sobre a hipótese da formação de uma "geringonça" na autarquia do Porto, lembrando que o candidato socialista Manuel Pizarro "caiu nos braços" de Rui Moreira há quatro anos.

A candidata denunciou a fuga dos habitantes da cidade, cuja responsabilidade assacou à vereação cessante.

O Porto é a segunda maior cidade do país e o quarto maior município, com mais de 214 mil habitantes.

O independente Rui Moreira quer renovar o mandato, mas perdeu o apoio do PS.

Já o candidato socialista, Manuel Pizarro, recusa qualquer aliança, se perder as eleições.

À presidência da Câmara da invicta concorrem ao todo nove candidatos que estiveram esta noite, pela primeira vez, frente a frente na Alfândega do Porto.

Durante hora e meia discutiram os problemas da autarquia e o futuro da cidade.

A informação mais vista

+ Em Foco

Entrevista exclusiva de Rui Rio à editora de política da RTP Luísa Bastos.

Abrir uma torneira e vê-la jorrar água. É um ato tão comum que nunca imaginamos um dia em que tal quadro possa desaparecer. Algo que está prestes a tornar-se realidade na África do Sul.

    Foram sinalizados casos de mutilação genital numa escola da Baixa da Banheira. Uma associação trabalha com turmas. Ainda há rapazes que defendem a "submissão" como "saudável".

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.