Ilda Figueiredo descrente na possibilidade de uma "geringonça" no Porto

| Autárquicas 2017
Ilda Figueiredo descrente na possibilidade de uma geringonça no Porto

A ver: Ilda Figueiredo descrente na possibilidade de uma "geringonça" no Porto

Ilda Figueiredo, da CDU, ironizou esta noite sobre a hipótese da formação de uma "geringonça" na autarquia do Porto, lembrando que o candidato socialista Manuel Pizarro "caiu nos braços" de Rui Moreira há quatro anos.

A candidata denunciou a fuga dos habitantes da cidade, cuja responsabilidade assacou à vereação cessante.

O Porto é a segunda maior cidade do país e o quarto maior município, com mais de 214 mil habitantes.

O independente Rui Moreira quer renovar o mandato, mas perdeu o apoio do PS.

Já o candidato socialista, Manuel Pizarro, recusa qualquer aliança, se perder as eleições.

À presidência da Câmara da invicta concorrem ao todo nove candidatos que estiveram esta noite, pela primeira vez, frente a frente na Alfândega do Porto.

Durante hora e meia discutiram os problemas da autarquia e o futuro da cidade.

A informação mais vista

+ Em Foco

Na edição deste sábado do 360, na RTP3, o jornalista António Louçã, autor da grande reportagem "Alemanha: o reverso da medalha", resumiu o contexto económico e social no chamado motor da Europa, em véspera de ida às urnas.

A Alemanha vai a votos com uma economia próspera: muita exportação, muita construção, receitas fiscais abundantes, orçamentos públicos excedentários. O reverso da medalha é a degradação de condições sociais para uma parte significativa da população.

    Os portugueses escolhem os seus representantes locais a 1 de outubro. Acompanhe aqui a campanha, os debates e toda a informação sobre as eleições Autárquicas.

      Um ensaio do LNEC e do Instituto Superior Técnico, no âmbito do KnowRisk, evidencia a importância da tomada de medidas preventivas. Veja os vídeos e compare os dois casos.