Pizarro promete "solução de governabilidade estável" em caso de vitória

| Autárquicas 2017
Pizarro promete solução de governabilidade estável em caso de vitória

A ver: Pizarro promete "solução de governabilidade estável" em caso de vitória

Para Manuel Pizarro, candidato apoiado pelo Partido Socialista, a hipótese de acordos autárquicos "não faz nenhum sentido", sobretudo depois de em maio, Rui Moreira ter prescindido do apoio dos socialistas.

"Não faz nenhum sentido repetir o mesmo acordo", afirmou, acrescentando que irá respeitar em absoluto a decisão dos eleitores se estes não entenderem dar-lhes a vitória.

"Se não for essa a decisão dos eleitores nós não participaremos com funções executivas na governação autárquica" garantiu.

"Se ganhar encontrarei de acordo com os resultados eleitorais uma solução de governabilidade estável", prometeu Pizarro, assumindo que se dá "bem com todos".

O Porto é a segunda maior cidade do país e o quarto maior município, com mais de 214 mil habitantes.

O independente Rui Moreira quer renovar o mandato, mas perdeu o apoio do PS.

À presidência da Câmara da invicta concorrem ao todo nove candidatos que estiveram esta noite, pela primeira vez, frente a frente na Alfândega do Porto.

Durante hora e meia discutiram os problemas da autarquia e o futuro da cidade.

A informação mais vista

+ Em Foco

Na Grande Entrevista da RTP, o ministro João Matos Fernandes lamentou que os problemas ambientais sejam muitas vezes menorizados.

Foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, com a Proteção Civil a registar 443 ocorrências. Morreram 45 pessoas. Perto de 70 ficaram feridas. Passou um mês desde o 15 de outubro.

    Todos os anos as praias portuguesas são utilizadas por milhões de pessoas de diferentes nacionalidades e a relação ambiental com estes espaços não é a mais correta.

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.