Medina (PS) "profundamente indignado" com denúncia anónima sobre compra de casa em Lisboa

| Autárquicas 2017
Medina (PS) profundamente indignado com denúncia anónima sobre compra de casa em Lisboa

Foto: Miguel A. Lopes - Lusa

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa (CML), e candidato pelo PS, Fernando Medina, manifestou esta quarta-feira uma "profunda indignação" com a denúncia anónima recebida na Procuradoria-Geral da República relativa à compra de um imóvel.

"Quero manifestar a minha profunda indignação com o que está a acontecer nesta campanha eleitoral. Soube hoje que houve denúncias anónimas feitas ao Ministério Público, denúncias anónimas que foram também feitas chegar por mão de candidaturas adversárias a jornais que fizeram circular factos que são falsos", disse o atual presidente da CML aos jornalistas, à margem de uma ação de campanha.

A informação mais vista

+ Em Foco

Na Grande Entrevista da RTP, o ministro João Matos Fernandes lamentou que os problemas ambientais sejam muitas vezes menorizados.

Foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, com a Proteção Civil a registar 443 ocorrências. Morreram 45 pessoas. Perto de 70 ficaram feridas. Passou um mês desde o 15 de outubro.

    Todos os anos as praias portuguesas são utilizadas por milhões de pessoas de diferentes nacionalidades e a relação ambiental com estes espaços não é a mais correta.

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.