Medina (PS) "profundamente indignado" com denúncia anónima sobre compra de casa em Lisboa

| Autárquicas 2017
Medina (PS) profundamente indignado com denúncia anónima sobre compra de casa em Lisboa

Foto: Miguel A. Lopes - Lusa

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa (CML), e candidato pelo PS, Fernando Medina, manifestou esta quarta-feira uma "profunda indignação" com a denúncia anónima recebida na Procuradoria-Geral da República relativa à compra de um imóvel.

"Quero manifestar a minha profunda indignação com o que está a acontecer nesta campanha eleitoral. Soube hoje que houve denúncias anónimas feitas ao Ministério Público, denúncias anónimas que foram também feitas chegar por mão de candidaturas adversárias a jornais que fizeram circular factos que são falsos", disse o atual presidente da CML aos jornalistas, à margem de uma ação de campanha.

A informação mais vista

+ Em Foco

Os portugueses escolhem os seus representantes locais a 1 de outubro. Acompanhe aqui a campanha, os debates e toda a informação sobre as eleições Autárquicas.

    A deriva independentista do nacionalismo catalão está a revelar-se mais grave do que Madrid previa inicialmente. Temos posições que não permitem qualquer margem para diálogo e que conduziram o processo a um impasse.

    Um ensaio do LNEC e do Instituto Superior Técnico, no âmbito do KnowRisk, evidencia a importância da tomada de medidas preventivas. Veja os vídeos e compare os dois casos.

    A Alemanha aproxima-se da data do escrutínio de 24 de Setembro com uma economia próspera: muita exportação, muita construção, receitas fiscais abundantes, orçamentos públicos excedentários. O reverso da medalha é a degradação de condições sociais para uma parte significativa da população.