Benfica hipoteca fase de grupos da ‘champions’ com derrota com Mornar Bar

por Lusa
Foto SLBenfica/DR

O Benfica hipotecou hoje a passagem à fase de grupos da Liga dos Campeões de basquetebol, ao perder, em casa, com o Mornar Bar (96-68), em jogo da primeira mão da segunda ronda da fase de qualificação.

Para garantir a passagem à fase de grupos, o Benfica terá vencer no próximo domingo em Montenegro. Para isso, terá de fazer muito melhor do que hoje, em que falhou no capítulo defensivo, no lançamento de triplos (21%) - que correspondem a 12 pontos, o Morna Bar fez 54 -, e ganhar por, pelo menos, 29 pontos.

Com um início de jogo muito dividido, os 'encarnados' acabaram por se superiorizar no final do primeiro parcial (24-18), sobretudo aproveitando a eficácia de Micah Downs e Damian Hollis, com cinco pontos cada. Dando a ideia que o sonho da fase de grupos se poderia concretizar. Mas os 30 minutos seguintes encarregaram-se de provar o contrário.

Os montenegrinos começaram por equilibrar as forças e, aos 15 minutos, chegaram à vantagem (31-28), muito por culpa dos comandados de Carlos Lisboa, nomeadamente nos ressaltos e na baixa eficácia no lançamento de três pontos (18%, ao intervalo).

Os 2,13 metros de Urros Lukovic dificultaram, e de que maneira, os lançamentos do Benfica ao cesto do Mornar Bar, uma vez que este sérvio parecia uma 'tampa', tal a facilidade que colocava a mão em cima do aro montenegrino.

Com nove pontos a mais, ao intervalo (43-34), o Mornar Bar, perante a fraca oposição defensiva dos 'encarnados', impulsionado pela velocidade de Jacob Pullen (29 pontos no jogo) e Sead Sehovic, foi gerindo o resultado e chegou mesmo a ter 15 pontos de vantagem, contudo, com uma boa ponta final no terceiro parcial (65-58), o Benfica amortizou a 'mossa' para sete.

No entanto, os mlontenegrinos voltaram a impor o seu jogo no derradeiro período, concluindo o jogo com 28 pontos de vantagem (96-68).