José Luís recusa antecipar cenários

| Benfica
José Luís recusa antecipar cenários

O antigo médio admitiu que o campeonato vai ser renhido até final.

O ex-futebolista, em declarações ao jornalista da Antena 1 José Carlos Lopes, começou por lembrar que “cada jogo tem a sua história e em Paços de Ferreira o Benfica foi vítima da sua ineficácia ofensiva”.

Nesta altura o carismático benfiquista lembrou que “as duas equipas estão pressionadas a jogar e a ganhar oito finais”.

Será que o Benfica-FC Porto é um jogo decisivo? José Luís considerou: “Se o Benfica ganhar poderá encarar os outros jogos de uma forma diferente. Não é o jogo do título mas é importante”.

Sobre o interregno de 15 dias no campeonato José Luís lembrou: “São essenciais para recuperar os jogadores lesionados como Fejsa e Grimaldo mas a paragem também pode prejudicar o andamento das equipas”.

A informação mais vista

+ Em Foco

Na Grande Entrevista da RTP, o ministro João Matos Fernandes lamentou que os problemas ambientais sejam muitas vezes menorizados.

Foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, com a Proteção Civil a registar 443 ocorrências. Morreram 45 pessoas. Perto de 70 ficaram feridas. Passou um mês desde o 15 de outubro.

    Todos os anos as praias portuguesas são utilizadas por milhões de pessoas de diferentes nacionalidades e a relação ambiental com estes espaços não é a mais correta.

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.