Ângela Ferreira inaugura exposição "Pouco a Pouco" em Santiago de Compostela

| Cultura

A artista plástica Ângela Ferreira vai inaugurar a exposição "Pouco a Pouco", na sexta-feira, no Centro Galego de Arte Contemporânea, em Santiago de Compostela, Espanha.

Contactada pela agência Lusa, a artista indicou que irá apresentar sete obras nesta exposição, que terá inauguração às 20:00, e contará com uma atuação da artista moçambicana Selma Uamusse.

Será a primeira exposição individual em Espanha de Ângela Ferreira, cuja prática artística tem sido dedicada em grande parte à reflexão sobre o passado colonial e ao discurso pós-colonial.

O título da exposição refere-se à película do cineasta francês Jean Rouch "Petit a Petit" (1971), que contém um dos temas centrais da obra deste documentarista e constitui, por seu turno, o núcleo da obra de Ferreira, nascida em 1958, em Moçambique: o confronto entre os africanos e os europeus, na história da sua co-existência.

O conjunto de obras que a artista apresenta nesta exposição, com curadoria de Bruno Leitão, "proporciona uma visão através da sua investigação artística, refletindo a evolução do seu discurso estilístico", de acordo com um texto da organização.

Ângela Ferreira tem vindo a "colocar a arte ocidental em paralelo com a não ocidental, e a criar pontes insuspeitas entre a arte politizada dos construtivistas, e a arte autónoma dos minimalistas norte-americanos".

Muitas das suas obras centram-se nos vestígios arquitetónicos do século XX, sobretudo os mais ligados ao modernismo, "e nas promessas das artes plásticas e do cinema como instrumentos de emancipação crítica para pensar e colocar em prática renovadas utopias".

Ângela Ferreira representou oficialmente Portugal na Bienal de Arte de Veneza de 2007, e venceu a 11.ª edição do Prémio Novo Banco Foto, entre outros galardões.

Viveu em Moçambique até 1973, e estudou na África do Sul, na Michaelis School of Fine Arts da Universidade de Cape Town, em 1985, vivenciando a última década do `apartheid`. Reside desde então em Lisboa.

Tópicos:

Cape Town, Compostela, Contemporânea Santi Compostela, Jean Rouch Petit, Michaelis School, Santi Compostela, Veneza, Viveu Moçambique,

A informação mais vista

+ Em Foco

A RTP ouviu os seis lideres partidários sobre temas que escapam aos programas políticos e que contribuem para definir o perfil dos candidatos.

    Estamos em plena campanha para as Legislativas. Não queremos aqui influenciar o seu voto, mas tratar as dúvidas que nos apareceram a nós e que podem também ser as suas.

      Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.