António Zambujo e Salvador Sobral na programação cultural de Santarém

| Cultura

António Zambujo e Salvador Sobral são dois dos nomes da programação cultural de Santarém para o segundo trimestre do ano, a que se juntam atividades para as famílias e de envolvimento da comunidade e dos jovens.

Apresentada hoje em conferência de imprensa, a programação para os meses de abril a junho, no âmbito do projeto Santarém Cultura, que está a ser dinamizado para o município pelo programador João Aidos, inclui, além dos concertos de António Zambujo (12 de abril) e de Salvador Sobral (04 de maio), ambos no Teatro Sá da Bandeira (TSB), também Ricardo Ribeiro (18 de maio), no CNEMA, Vitorino com Cordis (20 de junho), no Largo do Seminário, e a pianista Joana Gama (dias 26 e 27 de abril), no TSB.

No teatro, a Companhia do Chapitô trará ao TSB, no dia 25 de maio, "o premiado" Hamlet, e a companhia italiana Ludovica Rambelli recriará, na Catedral de Santarém, a 13 de abril, "Quadros de Caravaggio", "num espetáculo de extraordinária beleza".

Na dança, Aldara Bizarro vai apresentar, dia 29 de junho, no Largo do Seminário, um projeto que envolverá membros da comunidade e de bandas locais, enquanto Constanza Givone, Cláudia Andrade, Carla Galvão e Fernando Mota, irão "apurar os sentidos do público infanto-juvenil e famílias", realizando-se no Dia Mundial da Criança (01 de junho), no Convento de S. Francisco, atividades "com todas as artes para as crianças e as suas famílias".

A programação abre no dia 03 de abril com uma `masterclass` com João Garcia Miguel, no âmbito do segundo Encontro Nacional de Cursos de Interpretação (ENCI), que nessa semana reúne em Santarém cerca de 200 alunos e professores de escolas de todo o país.

Entre as iniciativas agendadas para o segundo trimestre do ano estão ainda espetáculos para as escolas e famílias por Constanza Givone (10 e 11 de maio), a inauguração da exposição dos 150 anos de elevação de Santarém a cidade, na Casa do Brasil (15 de maio), e a extensão do Festival Indie, no Teatro Sá da Bandeira (de 16 a 18 desse mês), atuando dia 21 a Banda Sinfónica da PSP.

A vice-presidente da Câmara de Santarém, que detém o pelouro da Cultura, Inês Barroso, salientou a "programação de excelência" que o projeto passou a proporcionar ao concelho, revelando estar em "perfeita sintonia" com o que o executivo municipal preconizava.

"Estamos a conseguir que Santarém assista ao que de melhor se faz em Portugal e catapultar Santarém a nível nacional", afirmou, realçando o esforço em curso para "dar maior dignidade aos espaços da cidade", com a renovação do Teatro Sá da Bandeira e do Convento de S. Francisco.

Num balanço do primeiro trimestre da programação do Santarém Cultura, João Aidos destacou a recetividade da população, com espetáculos esgotados, mostrando-se "sedenta de mais", e a grande procura por parte de escolas e instituições.

Segundo o programador, o primeiro trimestre foi "o início de um ciclo de envolvimento da sociedade", tendo sido privilegiada a educação, a criação de públicos, o "despertar de afetos e sentidos" nas comunidades escolares.

Tópicos:

Aidos, Bandeira, CNEMA Vitorino, Catedral Santarém, Constanza Givone, Convento S, Câa, Gama, Garcia, Ludovica Rambelli, Mota, Santarém Santarém Zambujo,

A informação mais vista

+ Em Foco

Um "cemitério de dinossauros" descoberto na Argentina, com 220 milhões de anos apresenta fósseis de uma dúzia de animais.

    Um dia que ficará para a história. O dia em que um dos monumentos mais emblemáticos do Mundo foi apanhado pelo fogo.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.