China levanta restrições e passa a apoiar cinema de Macau e Hong Kong

| Cultura

A China levantou restrições e vai passar a apoiar a indústria cinematográfica de Macau e de Hong Kong, informou hoje o Governo de Macau.

Macau "acolhe esta iniciativa com satisfação e com a convicção de que encorajará a cooperação bilateral, abrindo espaço para o desenvolvimento setorial, beneficiando a produção cinematográfica e estimulando a diversificação adequada da economia" do território, indicou, em comunicado, o Gabinete do Porta-voz do Governo.

As medidas incluem o cancelamento de limites numéricos à participação de residentes de Hong Kong e Macau em produções chinesas e a anulação das restrições aos elementos relacionados com a China em coproduções com estes dois territórios.

Pequim também passa a permitir "que obras e profissionais do cinema de Hong Kong e Macau se inscrevam nas fases de seleção para prémios da China interior, como o Huabiao, Galo de Ouro, Cem Flores", bem como que empresas dos dois territórios "solicitem apoios para divulgação de obras chinesas de excelência, seja em Hong Kong, Macau e Taiwan, ou no exterior", de acordo com a mesma nota.

Para o Governo da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM), estas medidas vão exercer "um importante efeito positivo sobre a formação de recursos humanos e produção de filmes locais".

No futuro, espera-se que as obras e atores de Macau tenham ainda mais espaço na China, uma vez que se trata de uma "imensa oportunidade para o desenvolvimento das indústrias culturais da RAEM", segundo as autoridades.

"Ao explorarem o seu potencial para produzir obras criativas, deseja-se que tais empresas consigam entrar no mercado chinês e sair para os mercados internacionais, escrevendo um belo capítulo da história do cinema local", defendeu o Governo de Macau.

Tópicos:

Hong Kong Macau, Macau Hong Kong Macau,

A informação mais vista

+ Em Foco

Um "cemitério de dinossauros" descoberto na Argentina, com 220 milhões de anos apresenta fósseis de uma dúzia de animais.

    Um dia que ficará para a história. O dia em que um dos monumentos mais emblemáticos do Mundo foi apanhado pelo fogo.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.