Cinema português está a chegar a Nova Iorque

por Lusa
Um ciclo de cinema português começa hoje em Nova Iorque D.R.

A cidade de Nova Iorque recebe, a partir desta sexta-feira, um ciclo de cinema português, organizado pela Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento, que reúne 20 filmes, de uma nova geração de realizadores, como Catarina Vasconcelos, Duarte Coimbra e Laura Carreira.

O ciclo "New Tales From Portuguese Cinema", a decorrer em parceria com o Anthology Film Archives, local de culto do cinema independente em Nova Iorque, abre com três curtas-metragens da realizadora Leonor Teles, “Terra Franca”, “Cães que ladram aos pássaros” e "A Balada de um Batráquio”, que foi distinguida com o Urso de Ouro do Festival de Berlim, em 2016.

“The Shift”, de Laura Carreira, “Metáfora ou a tristeza virada do avesso”, de Catarina Vasconcelos, “Amor, Avenidas Novas”, de Duarte Coimbra, “O Cordeiro de Deus”, de David Pinheiro Vicente, “Bostofrio”, de Paulo Carneiro, são outros dos 20 filmes que fazem parte deste ciclo, que também inclui obras de Cristèle Alves Meira, Pedro Cabeleira, Susana Nobre, João Rosas, Tomás Paula Marques, Maya Kosa e Sérgio da Costa, Pedro Peralta, Diogo Salgado e Aya Koretzly.

O ciclo encerra no dia 30 com “Tracing Utopia”, um documentário baseado nos testemunhos de adolescentes "queer" de Queens, realizado por Catarina de Sousa e Nick Tyson, que estarão em Nova Iorque para acompanhar a exibição.

pub