Exposição antológica de desenhos de Rui Chafes na Casa da Cerca em Almada

| Cultura

Uma exposição antológica de desenhos do escultor Rui Chafes, com temáticas atravessadas pela tragédia e a filosofia, vai ser inaugurada no sábado, na Casa da Cerca - Centro de Arte Contemporânea, em Almada.

Intitulada "Desenho sem fim", a exposição tem curadoria de Delfim Sardo e de Nuno Faria, será inaugurada no sábado, às 18h00, e precedida pela inauguração de "Tudo é outra coisa", também de Rui Chafes, no Convento dos Capuchos, às 16h00, de acordo com a organização.

No mesmo dia é inaugurada, também na Casa da Cerca, a exposição "Gatos e Colunas", do atelier de arquitetura Fala, que ficará igualmente patente até maio.

Esta primeira exposição antológica de desenhos de Rui Chafes, escultor de 53 anos, nascido em Lisboa, e galardoado com o Prémio Pessoa em 2015, foi apresentada originalmente no Centro Internacional das Artes José de Guimarães, entre dezembro de 2018 e fevereiro deste ano.

Reúne trabalhos realizados em momentos muito diversos do seu percurso, recuando até ao final da década de 1980, e ao período subsequente, em que estudou na Kunstakademie Dusseldorf, na Alemanha, com Gerhard Merz, e prosseguindo até obras criadas em 2017.

A sequência da exposic¸ão não respeita a cronologia dos trabalhos, reunindo-os em núcleos que derivam do seu caráter serial, ou da comum temática e construção visual de conjuntos de trabalhos.

No conjunto dos trabalhos apresentados "existem alguns aspetos que são recorrentes e que extravasam os núcleos independentes para se repetirem, por vezes com grandes hiatos temporais: o uso repetido de materiais que não pertencem ao domínio dos materiais "de arte", como remédios, tinturas, chá flores esmagadas e que convocam uma inescapável ligac¸ão ao corpo e à sua permanente queda; a representac¸ão de interiores do corpo, vagas configurac¸ões viscerais que, ora remetem para figurac¸ões sexuais, ora para a decomposic¸ão", segundo o texto dedicado à mostra.

"A grandiloquência e o caráter trágico das temáticas não deixa, no entanto, de ser permanentemente confrontada com uma leveza que nasce dos corpos femininos, ninfas faustianas que florescem na decomposic¸ão dos órgãos, no peso das referências filosóficas e na presenc¸a da morte que salpica toda a sua produção gráfica", acrescenta.

Por seu turno, "Gatos & Colunas" é uma mostra abrangente sobre o universo do atelier de arquitetura Fala, situado no Porto, que inclui milhares de desenhos, imagens, colagens, modelos, esboços e artefactos, a maioria dos quais exibidos pela primeira vez.

Liderado pelos arquitetos Filipe Magalhães, Ana Luísa Soares e Ahmed Belkhodja, ao longo dos últimos anos, o atelier lecionou em diferentes universidades e instituições, incluindo a Architectural Association, em Londres, a Graham Foundation, em Chicago, o Centre for Fine Arts, em Bruxelas, a Technische Universität, em Munique, e a Casa della Architettura, em Roma.

O seu trabalho foi exibido na Bienal de Arquitetura de Chicago, na Bienal de Veneza, na Fundação de Serralves e no Pavillon de L`Arsenal em Paris, entre outras instituições.

Tópicos:

Almada, Architettura, Bienal Arquitetura Chic Bienal, Chafes Convento, Contemporânea, Graham Foundation Chic Centre Fine Arts Bruxelas Technische Universität, Kunstakademie Dusseldorf Alemanha, Magalhães, Pavillon L Arsenal,

A informação mais vista

+ Em Foco

Apresentamos aqui o perfil dos cabeças de lista e cinco prioridades de ação por partido para o Parlamento Europeu.

    Debates, perfis, notícias da campanha. Toda a informação sobre as Eleições Europeias de 2019, que se realizam a 26 de maio.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.