"Malfadadas" estreia este sábado no Teatro Nacional D. Maria II

| Cultura
Malfadadas estreia este sábado no Teatro Nacional D. Maria II

Foto: António Cotrim - Lusa

A peça "Malfadadas" vai juntar, a partir deste sábado, a poesia, a música de um piano, o fado e as histórias de quatro mulheres no palco do Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa.

A fadista Aldina Duarte e a atriz Isabel Abreu interpretam quatro figuras de ficção - Eurídice, Medeia, Mary Tyrone e Blanche DuBois-, acompanhadas pelo piano de Filipe Raposo, tocado ao vivo.

“Malfadadas” é um recital que “cruza as vozes de Aldina Duarte e Isabel Abreu num território de confluências, presságios, maldições e quase-retratos fracionários destas figuras tutelares femininas do teatro e da mitologia literária”, lê-se no comunicado sobre a peça.

O texto, escrito por Miguel Loureiro, inclui excertos de autores como Sophia de Mello Breyner, Eurípedes, Eugene O’Neill e Tennessee Williams, nomes associados à poesia e dramaturgia.

“Malfadadas” fica em cena no Teatro Nacional D. Maria II, em Lisbao, até dia 28 de julho.

A informação mais vista

+ Em Foco

A receita da venda desta madeira ultrapassará os 15 milhões de euros, que devem ser investidos na nova Mata do Rei.

Mação, que ardeu no mês passado, era apontado como o concelho modelo na prevenção de incêndios. Nada impediu que o fogo voltasse.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.