Rua da Madeira, no Porto, recebe animação do `Locomotiva` a partir de quarta-feira

| Cultura

A programação cultural resultante de uma convocatória aberta lançada para a rua da Madeira pelo projeto Locomotiva, uma iniciativa da empresa municipal Porto Lazer, começa na quarta-feira e prolonga-se até 10 de maio, foi hoje anunciado.

Das "39 respostas nacionais e estrangeiras" ao apelo lançado à criatividade para uma programação que se conjugasse "com a rotina diária" daquela zona envolvente à estação de São Bento, de forma vivenciar o espaço", foram selecionadas quatro propostas, cada uma premiada com sete mil euros para ser concretizada, informou fonte oficial do projeto.

A mesma fonte indica que a primeira semana desta Convocatória Aberta, denominada Espigulhar, se realiza de 15 a 19 de abril, levando arruadas, bailaricos, oficinas de música, oficinas plásticas, raides fotográficas, visitas guiadas e conversas à Rua da Madeira.

"Da autoria de Talkie-Walkie com Ana Bragança, Raul Pereira, Ricardo Baptista e António Serginho, Espigulhar explora a ligação e os laços anglo-saxónicos com a cidade do Porto", acrescenta a fonte oficial do Locomotiva, para quem este mês de "programação aberta" funciona "um pouco" como "metáfora de todo o projecto Locomotiva no que diz respeito à ligação à comunidade.

"Finos como um alho", uma oficina plástica dedicada especialmente a escolas, é o primeiro momento da iniciativa, estando agendada para quarta, quinta e sexta-feira.

A intenção é que, das 10:00 às 12:00, as crianças se transformam em exploradores urbanos, partindo "da Rua da Madeira numa visita aos locais cheios de história que a rodeiam" para, no fim, desenharem o que viram num grande mapa coletivo.

À tarde, entre as 14:30 e as 16:30, as escolas são convidadas a participar numa "oficina musical volante", chamada "Para os Espigadotes", que pretende levar as crianças a criar, durante o percurso, "uma peça musical coletiva".

No sábado, entre as 18:00 e as 20:00, o historiador Germano Silva vai fazer uma visita guiada que tem como mote a personagem de Alfonso Martins Alho e a ligação de Inglaterra com o Porto, numa ação limitada às primeiras 30 pessoas a aparecerem no Largo da Estação.

A fotografia e a rede social instagram estão em destaque no domingo, com o monitor Kitato (Luís Octávio Costa) que guiará um grupo de fotógrafos que apenas usam os seus smartphones (das 10:00 às 13:00).

Da parte da tarde, o sociólogo João Teixeira conversa sobre a Comunidade de Bangladesh do Porto, das 17:00 às 19:00, no Largo da Estação.

No mesmo horário a música e a gastronomia do Bangladesh reúnem-se na Rua da Madeira numa iniciativa que "pretende envolver a maior comunidade estrangeira da zona de São Bento, chamando os vizinhos bengalis do bairro ao novo largo, numa festa aberta a todos".

 

 

Tópicos:

Alfonso, Bragança Raul, Convocatória Aberta, Kitato Octávio,

A informação mais vista

+ Em Foco

O criador dos óculos de realidade virtual está a desenvolver tecnologia que vai transferir jogos de vídeo para os campos de batalha.

Reunimos aqui reportagens sobre as forças de elite portuguesas, emitidas por ocasião dos 100 anos do Armistício que pôs fim à I Guerra Mundial.

    O coração de Lisboa foi palco do maior desfile militar dos últimos 100 anos no país, por ocasião do centenário do Armistício que pôs fim à I Grande Guerra.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.