Reportagem Crise no Sporting - acompanhe todos os desenvolvimentos

Desde domingo que o Sporting tem vivido momentos conturbados. Após a derrota com o Marítimo para a Liga Portuguesa, uma sucessão de acontecimentos precipitou uma invasão de adeptos à Academia de Alcochete que terminou com agressões físicas a jogadores e equipa técnica do Sporting. Na última quarta-feira, os jogadores leoninos anunciaram que vão a jogo apesar das poucas condições anímicas e psicológicas e esta quinta-feira a Assembleia Geral demitiu-se em bloco e no Conselhos Fiscal e Disciplinar também foram apresentadas demissões. Numa comunicação, juntamente com o Conselho diretivo, Bruno de Carvalho recusou pedir a demissão da presidência do Sporting.

Fazer refresh a esta área
Clique aqui para atualizar

23h03 - Bruno de Carvalho não se demite

O presidente do Sporting falou à imprensa já depois ds 23h00 e anunciou que não se vai demitir. Bruno de Carvalho afirmou que o Sporting está a ser alvo de um ataque "sem precedentes" para o obrigar a sair do clube.

"Olhamos para o lado e o que vemos? Pedidos e ameaças de demissões, pressões tremendas para mais demissões, inclusivamente dizendo às pessoas que nunca mais terão trabalho na sua vida — o que acho lamentável. Aquilo que nós não vemos são os superiores interesse do Sporting a ser protegidos", declarou o presidente leonino.

"Não nos demitimos a bem do Sporting", disse Bruno de Carvalho, que justificou a decisão pela responsabilidade, por uma "questão de trabalho e não por estar agarrado ao poder".

Bruno de Carvalho acusou ainda que são pessoas de dentro do Sporting que tem ajudado "os de fora" a destruir o clube.

O único membro do Conselho Fiscal e Disciplinar, Fernando de Carvalho, usou da palavra após o presidente leonino e acusou o Conselho Fiscal e Disciplinar de falta de sintonia para com o Conselho Diretivo e que Bruno de Carvalho não tem qualquer processo disciplinar.

O vice-presidente Rui Caeiro também falou e e afirmou que o Sporting foi atacado na sua dignidade e que foram colocadas em causa as vitórias conseguidas em jogos de futebol e andebol.

"Temos o treinador mais bem pago do país e o melhor plantel e estão-nos a acusar”, declarou o responsável das modalidades.

22h50 - Jaime Marta Soares não volta a apoiar Bruno de Carvalho

Jaime Marta Soares "não vai apoiar Bruno de Carvalho" se o presidente do clube voltar a candidatar-se.

No programa 360 desta noite, o presidente demissionário da mesa da assembleia geral diz que "já não há condições" para manter o apoio.


22h36 - André Geraldes deixa tribunal

O Diretor Desportivo do Sporting saiu do Tribunal e o advogado confirmou as medidas de coação. André Geraldes vai ficar suspenso de funções desportivas e terá de pagar uma caução de 60 mil euros.

Segundo uma nota divulgada pela Procuradoria-Geral Distrital do Porto, todos os arguidos da operação Cashball ficam suspensos de funções desportivas e proibidos de contatos entre si. Paulo Silva, denunciante do alegado esquema de corrupção, não vai poder contactar a comunicação social.

Os quatro detidos foram também proibidos de frequentar as instalações do Sporting e de se ausentarem do país.

22h33 - António Costa esteve reunido com a FPF

O primeiro-ministro reuniu-se com o presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, para garantir condições de segurança na final da Taça de Portugal, no domingo, no Estádio Nacional, entre Sporting e Desportivo das Aves.


"Estamos a trabalhar em conjunto para garantir que estão criadas as condições de segurança e desportivas para a realização da final da Taça de Portugal no próximo domingo. Lisboa, 17 de maio 2018".

21h00 - "Este episódio não se irá refletir no seu desempenho na seleção"

Fernando Santos revelou a convocatória de Portugal para o Mundial 2018 e falou sobre os acontecimentos de terça-feira na Academia de Alcochete.

O Selecionador Nacional confessou ter ficado "incrédulo, como qualquer português, quando ouviu as notícias na rádio", e revelou que a sua primeira reação foi ligar ao treinador do Sporting e seu amigo, Jorge Jesus, a quem repudiou o que lhe tinha acontecido e a todos os outros.

"O que aconteceu foi inqualificável. Todos os adjetivos são poucos para qualificar o sucedido".

20h58 - Conselho Diretivo do Sporting vai emitir um comunicado às 22h30

O Conselho Diretivo do Sporting vai fazer hoje uma comunicação, às 22h30, depois de ter estado reunido toda a tarde e princípio da noite para debater o momento de crise que o clube atravessa.

A comunicação será feita no auditório Artur Agostinho, no Estádio José Alvalade, em Lisboa, com a presença do presidente Bruno de Carvalho e dos restantes membros do Conselho Diretivo.

20h43 - Agressores da Academia do Sporting abandonam tribunal do Barreiro

Os suspeitos das agressões na Academia do Sporting, em Alcochete, foram ouvidos durante o dia desta quinta-feira no Tribunal do Barreiro. os interrogatórios vão ser retomados sexta-feira. Ainda não são conhecidas as medidas de coação.

Os 23 suspeitos deixaram o Tribunal do Barreiro em direção à sede da Polícia Judiciária em Lisboa, onde vão tomar banho e alguns deles pernoitar.


20h26 - Órgãos sociais do Sporting rompem com Bruno de Carvalho

Jaime Marta Soares exortou Bruno de Carvalho a apresentar o seu pedido de demissão, tal como fizera a Assembleia Geral e o Conselho Fiscal.

Estas exortações têm sido sublinhadas por demissões em bloco dos órgãos sociais.


20h21 - Crise no Sporting afecta calendário de treinos

O Sporting cancelou o treino no Estádio do Jamor e a equipa não vai treinar até à final da Taça de Portugal. Bas Dost deixou agora uma mensagem depois dos incidentes na Academia de Alcochete.


20h06 - Eduardo Barroso reconhece que Presidente não tem condições

Eduardo Barroso disse que Bruno de Carvalho "não tem condições" para continuar à frente dos destinos do clube leonino.

"Neste momento devo reconhecer que ele não tem condições", explicou o médico, na SIC Notícias, pouco depois de ter dito, na TSF, que "seria bom que Bruno de Carvalho se afastasse", na sequência do clima de crise que atravessa o emblema de Alvalade.

Na opinião de Barroso "é impensável" dizer que o líder sportinguista "é o mandante" das agressões levadas a cabo na Academia a jogadores e equipa técnica, mas recusou entrar em detalhes sobre a situação.

Apesar de admitir que Bruno de Carvalho cometeu "muitos erros" ao longo da presidência, as agressões em Alcochete não foram um deles, e disse ainda que "não passa pela cabeça" que o presidente soubesse de um alegado esquema de corrupção no andebol e no futebol.

No entanto, explicou que o presidente dos 'Leões' deve "fazer uma reflexão" e perceber que deve afastar-se.

19h51 - Alcochete. Ouvidos quatro dos nove arguidos que decidiram falar

O juíz de instrução criminal do Barreiro do Tribunal da Comarca de Lisboa aninciou que foram ouvidos quatro dos nove arguidos pela invasão e agressões a jogadores do Sporting, na Academia de Alcochete.

No comunicado emitido ao final da tarde de hoje, o tribunal informa que durante as diligências se verificaram algumas questões processuais, tendo já prestado declarações quatro arguidos e sido determinado que os restantes depoimentos terão lugar na sexta-feira.

O tribunal revelou que, além da alimentação necessária, providenciou para que os arguidos pudessem ter acesso à sua higiene, designadamente a um banho, tendo as respetivas famílias feito chegar uma muda de roupa para cada.

19h42 - André Geraldes em silêncio

A Polícia Judiciária deteve quatro pessoas na quarta-feira, incluindo o diretor para o futebol do Sporting, André Geraldes, e efetuou buscas na SAD do Sporting, em Lisboa, por "suspeitas de corrupção ativa", no âmbito de uma operação denominada 'cashball'.

Ouvidos hoje perante um juiz, só um dos detidos prestou declarações. André Geraldes, diretor desportivo do Sporting, manteve o silêncio. As medidas de coação devem ser conhecidas ao início da noite.


19h27 - António Costa vai estar no Jamor

António Costa vai estar na final da Taça de Portugal. O primeiro-ministro diz que acredita que tudo será feito para que seja no Jamor, mas que existem outras formas de realizar o jogo em caso de necessidade.

António Costa explicou, esta quinta-feira melhor, o que pretende com uma Autoridade Nacional para a Violência no Desporto.


19h26 - Carlos César diz que o que Bruno de Carvalho diz pouco importa

O líder parlamentar do PS desvalorizou quinta-feira a intenção do presidente do Sporting de processar o presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, alegando que nesta fase já "interessa muito pouco" aquilo que Bruno de Carvalho afirma.

"Estamos numa fase em que, muito sinceramente, já interessa muito pouco o que o presidente do Sporting diz", reagiu Carlos César em declarações aos jornalistas no final da reunião semanal do Grupo Parlamentar do PS na Assembleia da República.


18h51 - Horta Osório pede responsabilidades

Horta Osório, presidente executivo do Lloyds, exigiu esta quinta-feira que sejam apuradas responsabilidades pelo que aconteceu na Academia de Alcochete, na última terça-feira.

"Eu vejo isto com muita preocupação e com muita pena. Isto é vergonhoso e só espero que as responsabilidades sejam apuradas rapidamente e que haja as devidas consequências para ficar absolutamente claro que este tipo de comportamentos não reflete a maioria dos sportinguistas, nem a maioria dos portugueses", afirmou.

O presidente do Conselho de Administração do Lloyds Bank falou aos jornalistas à margem da conferência 'Perspetivas Económicas para Portugal e Zona Euro - Desafios do Brexit' que decorreu em Lisboa.

Horta Osório é simpatizante do Sporting e considera que os acontecimentos violentos em Alcochete são lamentáveis e inaceitáveis.

"Estes comportamentos de violência devem ser absolutamente banidos e devem ter as devidas consequências para ficar claro que não devem acontecer e devem apurar-se responsabilidades rapidamente".

18h30 - Vicente Moura:  Bruno de Carvalho é um "homem difícil"

O antigo dirigente do Sporting afirmou esta tarde na RTP 3 que o presidente do Sporting é um homem "difícil, muito agressivo com as pessoas, impulsivo".


18h02 - Álvaro Sobrinho diz que Bruno de Carvalho não tem condições para continuar

Em declarações à RTP, Álvaro Sobrinho diz que Bruno de Carvalho não tem condições para se manter à frente do clube.

"Acha que Bruno de Carvalho vai continuar como presidente? Eu acho que não", disse.

O segundo maior acionista da Sporting SAD afirmou que a "posição da Holdimo tem a ver com má gestão. E essa má gestão é clara", acrescentou. "Ou o presidente da Sporting SAD se demite ou tem que haver uma Assembleia Geral da Sporting SAD".

Relativamente à equipa, Álvaro Sobrinho afirmou que "os jogadores e todo o corpo de suporte da equipa de futebol têm todo o apoio da holding".

17h48 - Marcelo não diz se vai ao Jamor

O Presidente da República não clarificou se vai estar presente na final da Taça de Portugal, no próximo domingo. Marcelo Rebelo de Sousa pediu calma e disse que no domingo tomará uma decisão.

"Não se enervem nem estejam tensos por causa disso. Estamos na quinta-feira. Ainda falta sexta, sábado, até domingo".


17h42 - Ações da Sporting SAD caem na bolsa

As ações do Sporting já caíram 17 por cento. Na segunda chamada da sessão, as acções do Sporting acentuaram a tendência negativa e estão em 63 cêntimos. Na negociação das 10h30, os títulos da SAD sportinguista perdiam 7, 89 por cento, para 70 cêntimos por ação.


17h30 - Bas Dost agradece apoio dos "verdadeiros adeptos"

O avançado holandês afirmou estar orgulhoso da equipa do Sporting, apesar de ainda se sentir "chocado" com os atos da última terça-feira.

Num comunicado emitido à imprensa, Bas Dost agredeceu o apoio dos "verdadeiros adeptos" do Sporting.


17h27 - Sporting não treina no Jamor

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou esta quinta-feira que o Sporting não vai realizar o treino que estava previsto no Jamor, antes da final da Taça de Portugal.

O clube leonino vai disputar a final da prova rainha frente ao Desportivo das Aves, no domingo. Depois dos acontecimentos em Alcochete, em que a Academia foi invadida por um grupo de pessoas de cara tapada que agrediram os jogadores, o plantel leonino anunciou que vai a jogo.

17h18 - Álvaro Sobrinho pede a demissão de Bruno de Carvalho

O segundo maior acionista da Sporting SAD afirmou em declarações ao Jornal Económico que a direção liderada por Bruno de Carvalho “não merece a confiança e deve apresentar a demissão”. Álvaro Sobrinho diz que Bruno de Carvalho “está a pôr em risco os ativos da empresa e isto não pode acontecer”.

Quanto aos jogadores e equipa técnica: “Têm todo o apoio” da Holdimo, afirmou Álvaro Sobrinho.

17h00 - Conselho Diretivo reunido em Alvalade

O Conselho Diretivo do Sporting encontra-se reunido de emergência, depois da demissão em bloco da Assembleia Geral e de vários membros dos Conselhos Fiscal e Disciplinar. Jaime Marta Soares instou Bruno de Carvalho a apresentar a demissão.

A informação mais vista