"Estamos conscientes de uma tarefa muito difícil" - Sérgio Conceição.

por RTP

O treinador do FC Porto olha para o jogo com o Chelsea como uma partida de grau elevado. Sérgio Conceição compara o adversário com a Juventus e diz que a tarefa vai ser muito difícil. Contudo afirma que o Porto está pronto e apesar de não ter as mesmas condições "monetárias" de plantel, apresentam qualidade de jogo.

O treinador dos 'azuis e brancos' refere que "não há impossíveis" no futebol, desvalorizando a diferença de orçamento em relação ao Chelsea, na véspera do primeiro encontro nos quartos de final da Liga dos Campeões.

“Quando se entra em campo não se entra a pensar que nós gastámos 25 milhões de euros e o Chelsea 250 milhões no mercado. Não vamos pensar que o Evanilson, que foi o nosso jogador mais caro, custou oito milhões e o deles foi o Havertz, que custou 80. As equipas que jogam connosco na nossa liga podiam pensar o mesmo", garantiu Sérgio Conceição, em conferência de imprensa.

O técnico assinalou que se vão defrontar-se duas equipas que têm “as suas valias, com uma ideia de jogo bem patente no que fazem semanalmente”: “Obviamente, que olhamos para o Chelsea e vemos que os testes semanais são bem mais competitivos do que os nossos. São jogos sempre incríveis, de um grau de dificuldade enormíssimo, e isso é uma vantagem para eles”, explicou.

Sérgio Conceição disse ainda nesta conferência de antecipação ao jogo de amanhã que a motivação está no nível máximo e a vontade é seguir para as meias-finais da prova.

O FC Porto defronta esta quarta-feira, às 20h00 horas (hora de Lisboa), o Chelsea, em Sevilha, em partida da primeira mão dos quartos de final da Liga dos Campeões de futebol.
pub