Mundiais. Duas campeãs sensibilizaram o mundo

por RTP

Duas campeãs do mundo de atletismo espantaram todos nas últimas semanas com histórias de superação.

Sifan Hassan, uma holandesa que fugiu da Etiópia e viveu em centros de acolhimento até ser a melhor do mundo nos 1.500 e nos 5 mil metros.

E Yulimar Rojas, que foi abandonada pelo pai na Venezuela e é quase imbatível no triplo salto.