Nós Lá Fora

por José Carlos Lopes

Foto: Hélder Duarte/DR

Hélder Duarte foi guarda-redes, jogou no Paredes, esteve algum tempo no Vitória de Guimarães, regressou a Paredes pela mão do treinador Fernando Valente. Era baixo para guarda-redes, optou pelo treino, foi para a faculdade, foi adjunto de Fernando Valente no Paredes e no Lousada.

Começou a trabalhar na formação, chegou ao Futebol Clube do Porto a convite de um dos coordenadores da formação Vitor Moreira.


Há três anos abriu-se a porta em Moçambique. Uma equipa de treinadores do Dragon Force, a formação do Futebol Clube do Porto, foi a Moçambique detetar talentos numa parceria com a Associação Black Bulls.


Há um ano em meio partiu para Moçambique para concretizar no terreno o protocolo entre as duas instituições. O ano passado, o Black Bulls subiu a segunda divisão, zona sul, com a equipa de sub-23 e venceu o campeonato nacional de juniores.

Terminou a parceria entre o Black Bulls e o Futebol Clube do Porto mas Hélder Duarte permaneceu em Moçambique.
O projeto da deteção de talentos cresceu para outros objetivos.

A construção de uma academia para permitir as melhores condições para a formação, levar a principal equipa ao campeonato maior do futebol e moçambicano e conquistar vinte titulos durante o ano de 2019 em vários escalões.