Amazon vai abrir novo centro no Reino Unido e criar 1.200 empregos

| Economia

A empresa de vendas `online` Amazon anunciou hoje a abertura em 2018 de um novo centro de distribuição em Bolton, no Reino Unido, com a criação de 1.200 postos de trabalho.

"A Amazon aumenta a dimensão da sua rede de centros de distribuição no Reino Unido para responder à procura crescente e ao alargamento da oferta de produtos", declarou o grupo em comunicado.

Este novo centro vai juntar-se a quatro outros que abriram no país em 2017 e a mais dois que serão inaugurados no próximo ano, em Bristol e Coventry.

O grupo norte-americano indicou que o processo de recrutamento de pessoal já começou e que procura engenheiros, especialistas em recursos humanos, em informática e técnicos, segundo a agência AFP.

O centro vai estar equipado com uma nova tecnologia, com robôs a efetuarem parte do trabalho logístico.

A Amazon tem atualmente 16 centros de distribuição no Reino Unido e emprega 24 mil pessoas. O grupo investiu no país 6,4 mil milhões de libras (7,18 mil milhões de euros) desde 2010 em infraestruturas e atividades de pesquisa e desenvolvimento.

 

Tópicos:

Bristol,

A informação mais vista

+ Em Foco

Em entrevista à RTP, o candidato derrotado nas diretas do PSD diz que o partido deve serenar após o Congresso e admite que vai ser “muito difícil ganhar eleições" no quadro atual.

Nicolás Maduro quer alargar poderes e, para tal, leva a cabo eleições antecipadas. É um "golpe constitucional", na leitura de Filipe Vasconcelos Romão, comentador da Antena 1.

Abrir uma torneira e vê-la jorrar água. É um ato tão comum que nunca imaginamos um dia em que tal quadro possa desaparecer. Algo que está prestes a tornar-se realidade na África do Sul.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.